O desafio da permanência na terra: comercialização de posses e reprodução dos modos de vida nos assentamentos de reforma agrária do Triângulo Mineiro

Autores

  • Nelson Ney Dantas Cruz Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás
  • Rosselvelt José Santos Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT61112114

Palavras-chave:

Modos de vida, Cultura, Reforma agrária, P.A. Divisa, Comercialização

Resumo

Reforma Agrária não é um processo que se desenvolve única e exclusivamente pela força política de um governo. Outras forças que emergem da luta e dos conflitos sociais, materializados por grupos que caminham e reivindicam a possibilidade de uma vida melhor, a partir da luta e conquista da terra, também devem ser considerados como forças políticas importantíssimas para que a Reforma seja colocada em prática. A existência de tais forças aponta para a necessidade de se compreender o conteúdo cultural dos grupos sociais que produzem e reproduzem o espaço dos assentamentos a partir de suas experiências de vida, sendo a venda da posse de lotes uma característica enigmática e contraditória, que aparentemente se contrasta com os direcionamentos governamentais para a Reforma Agrária. O artigo que se segue aborda a produção e reprodução dos modos de vida, dentro de uma perspectiva geográfica cultural, para se compreender as influências diretas e indiretas que se fazem presentes na comercialização das posses de lotes no Projeto de Assentamento Divisa, localizado no Triângulo Mineiro, no município de Ituiutaba-MG.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

02-03-2011

Como Citar

CRUZ, N. N. D.; SANTOS, R. J. O desafio da permanência na terra: comercialização de posses e reprodução dos modos de vida nos assentamentos de reforma agrária do Triângulo Mineiro . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 6, n. 11 Fev., p. 249–279, 2011. DOI: 10.14393/RCT61112114. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/12114. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)