Apontamentos de uma experiência com o ensino de Geografia em áreas de assentamento rural, no Acre

Autores

  • Silvio Simione da Silva Universidade Federal do Acre - UFAC
  • Elverenice Vieira da Silva Universidade Federal do Acre - UFAC

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT4711903

Palavras-chave:

Paradigmas, Geografia, Ensino, Campo/floresta, Realidade, Amazônia

Resumo

O presente trabalho é resultado de dois anos de experiência em pesquisa e extensão em áreas de assentamentos Agroflorestais no Acre. Apresentamos uma contextualização da realidade encontrada nestes assentamentos; situamos esta, no âmbito das condições vivenciais da Amazônia e, a partir daí estabelecemos crítica a base do conteúdo formulado externo ao espaço rural e também distante da realidade regional. Neste sentido, considerando que a Amazônia-acreana se caracteriza por certos processos específicos da sua produção do espaço, vemos que aqui a realidade agrária é complexa sendo que a condição de pertencimento também expressa a dimensão territorial da floresta tal qual a de campo. São lócus de vida ligado a terra como meio fundamental de produção, mas que se especifica perante o uso do espaço estabelecido. Propomos um ensino que busque o conteúdo geográfico presente nesta realidade como forma conhecer o campo e a floresta, perante a (s) realidade (s) socioespacial (is) diversa (s) da Amazônia. Isto numa lógica de romper com o paradigma do ensino feito na cidade para o campo (ensino no campo), por um ensino do campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvio Simione da Silva, Universidade Federal do Acre - UFAC

Doutror em Geografia pela FCT-UNESP. Professor Adjunto do Curso de Geografia e do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional da UFAC.

Elverenice Vieira da Silva, Universidade Federal do Acre - UFAC

Licenciada em Geografia pela UFAC

Downloads

Publicado

28-01-2009

Como Citar

SILVA, S. S. da; SILVA, E. V. da. Apontamentos de uma experiência com o ensino de Geografia em áreas de assentamento rural, no Acre . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 4, n. 7 Fev., p. 230–236, 2009. DOI: 10.14393/RCT4711903. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/11903. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Relato de experiência