ILHAS DE CALOR URBANAS SUPERFICIAIS EM CAJAZEIRAS-PB

Autores

  • Maria Iriany Braga Martins InstitutoFederal de Educação, Ciência e Tecnologiada Paraíba
  • João Victor Rocha de Souza InstitutoFederal de Educação, Ciência e Tecnologiada Paraíba
  • Telma Lucia Bezerra Alves Aires InstitutoFederal de Educação, Ciência e Tecnologiada Paraíba
  • Teobaldo Gabriel de Souza Junior InstitutoFederal de Educação, Ciência e Tecnologiada Paraíba
  • Jacinta Ferreira dos Santos Rodrigues InstitutoFederal de Educação, Ciência e Tecnologiada Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG238960200

Palavras-chave:

Temperatura da superfície, Índice de Vegetação por Diferença Normalizada, Sensoriamento remoto

Resumo

O estudo teve como objetivo o diagnóstico de ilhas de calor urbanas por meio dos valores de temperatura de superfície terrestre (TST) e espacialização do índice de vegetação da diferença normalizada (NDVI), comparando o espaço intraurbano e arredores da cidade de Cajazeiras, estado da Paraíba. Foram utilizadas imagens do satélite Landsat 8, faixa do infravermelho termal (temperatura) e faixas do vermelho e infravermelho próximo (índice de vegetação). Com os resultados obtidos observou-se que os valores mais elevados de temperatura estão presentes na área central do perímetro urbano, e o entorno da cidade, que contém áreas mais vegetadas, apresentou temperaturas mais amenas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Telma Lucia Bezerra Alves Aires, InstitutoFederal de Educação, Ciência e Tecnologiada Paraíba

Geógrafa, pela Universidade Estadual da Paraíba, Doutora em Recursos Naturais, pela Universidade Federal de Campina Grande.

Downloads

Publicado

10-10-2022

Como Citar

MARTINS , M. I. B.; SOUZA, J. V. R. de; AIRES, T. L. B. A.; DE SOUZA JUNIOR , T. G.; RODRIGUES, J. F. dos S. ILHAS DE CALOR URBANAS SUPERFICIAIS EM CAJAZEIRAS-PB. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 23, n. 89, p. 92–110, 2022. DOI: 10.14393/RCG238960200. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/60200. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos