GEOCULTURA: PROPOSTA TEÓRICO-METODOLÓGICA PARA O CONHECIMENTO, VALORIZAÇÃO E APLICAÇÃO DA GEOCONSERVAÇÃO

Autores

  • Marcelo Martins de Moura-Fé Universidade Regional do Cariri
  • Thaís de Oliveira Guimarães Universidade de Pernambuco
  • Cristina Rodrigues Holanda Secretaria da Cultura do Estado do Ceará
  • Marcos Antônio Leite do Nascimento Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • João Victor Mariano da Silva Universidade Federal do Cariri

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG238960026

Palavras-chave:

Patrimônio Natural, Geodiversidade, Geografia Cultural, Paisagem, Geoparques

Resumo

A geodiversidade se notabiliza pela diversidade dos fatores que a compõem e por sua importância para a ocorrência e manutenção de processos naturais e ecossistêmicos fundamentais para vida no planeta Terra. Considerando os riscos socioeconômicos de degradação, é peremptória a necessidade de desenvolver projetos, atividades e ações geoconservacionistas. Nesse contexto, esse manuscrito tem como objetivo apresentar uma proposta teórico-metodológica da geocultura, conceito proposto para analisar a influência da geodiversidade sobre as manifestações culturais, materiais ou imateriais, as implicações associadas e suas possíveis aplicabilidades; um conceito voltado para o conhecimento, valorização e aplicação da geoconservação. Metodologicamente, a pesquisa fundamentou-se em uma abordagem qualitativa, com fins descritivos, segmentada em um criterioso e sistematizado levantamento bibliográfico, análises do arcabouço teórico e levantamentos de campo. Como resultados são apresentadas e problematizadas conceituações pertinentes, parâmetros, pressupostos e bases da geocultura, com a análise de formas teóricas e práticas de desenvolvimento e aplicação; bem como o detalhamento e a explicação das etapas do roteiro teórico-metodológico. Espera-se que essa proposta se apresente como uma estratégia geoconservacionista eficaz, que potencialize o escopo presente nas bases (geo)culturais utilizadas, direcionando-as para as especificidades e necessidades da geodiversidade; tendo seu roteiro usado, melhorado e consolidado por meio de sua aplicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Martins de Moura-Fé, Universidade Regional do Cariri

Geógrafo (licenciado e bacharel/UFC). Professor da Universidade Regional do Cariri (URCA). Professor do mestrado acadêmico em Geografia (Geoceres/UFRN). Professor do mestrado acadêmico em Desenvolvimento Regional Sustentável (Proder/UFCA). Doutorado em Geografia (UFC). Pós-Doutor em Geografia (ProPGeo/UECE). Membro da União da Geomorfologia Brasileira (UGB), da Associação Brasileira de Defesa do Patrimônio Geológico e Mineiro (AGeoBR) e da Associação Nacional de Pos-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade (ANPPAS). Coordenador do Núcleo de Estudos Integrados em Geomorfologia, Geodiversidade e Patrimônio - NIGEP (URCA/CNPq). Tem experiência na área de Geociências / Geografia Física, especialmente em Geomorfologia Estrutural e Geomorfologia Ambiental, aplicadas em projetos de pesquisa sobre Geodiversidade (geoconservação, geopatrimônio, geoturismo, geoeducação e geocultura), Patrimônio e Sustentabilidade, desenvolvidos nos estados do Ceará, Pernambuco, Piauí e Bahia.

Downloads

Publicado

10-10-2022

Como Citar

DE MOURA-FÉ, M. M.; GUIMARÃES, T. de O.; HOLANDA, C. R.; DO NASCIMENTO, M. A. L.; DA SILVA, J. V. M. GEOCULTURA: PROPOSTA TEÓRICO-METODOLÓGICA PARA O CONHECIMENTO, VALORIZAÇÃO E APLICAÇÃO DA GEOCONSERVAÇÃO. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 23, n. 89, p. 57–76, 2022. DOI: 10.14393/RCG238960026. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/60026. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos