POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO E INDÚSTRIA EM MINAS GERAIS: ANÁLISE DOS DISTRITOS INDUSTRIAIS DE UBERABA-MG

Autores

  • Marcos Kazuo Matushima Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
  • Thiago de Jesus Sousa Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG228059892

Palavras-chave:

Industrialização, Distrito Industrial, Desenvolvimento econômico.

Resumo

O município de Uberaba tem se destacado como polo industrial do interior do estado de Minas Gerais, apresentando um crescimento industrial importante a  partir da década de 1970, com a expansão da fronteira agrícola e do processo de desconcentração industrial que ocorreu no Brasil. Neste artigo, será analisado esse modelo de industrialização, que através de incentivos fiscais e da oferta de infraestrutura e terrenos atraíram diversas empresas e indústrias para o município, o que gerou diversos impactos econômicos, ambientais e sociais. O município de Uberaba conta hoje com três distritos industriais em atividade e um quarto distrito em implantação. Cada um dos distritos conta com empresas de vários segmentos de atividades industriais, como químico, alimentício, metalúrgico, moveleiro, etc., destacando-se as indústrias ligadas a produção de fertilizantes e insumos agrícolas, que se começaram a se instalar no final da década de 1970, tornando atualmente o município um dos principais polos de produção de fertilizantes químicos do país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Kazuo Matushima, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

Professor do Instituto de Educação, Letras, Artes, Ciências Humanas e Sociais, Uberaba - MG.

Thiago de Jesus Sousa, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

Graduado em Geografia pelo Instituto de Educação, Letras, Artes, Ciências Humanas e Sociais, Uberaba - MG.

Downloads

Publicado

05-04-2021

Como Citar

MATUSHIMA, M. K. .; SOUSA, T. de J. . POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO E INDÚSTRIA EM MINAS GERAIS: ANÁLISE DOS DISTRITOS INDUSTRIAIS DE UBERABA-MG . Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 22, n. 80, p. 309–323, 2021. DOI: 10.14393/RCG228059892. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/59892. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos