DESIGUALDADES SOCIOESPACIAIS NA PEQUENA CIDADE: ANÁLISE DE INDICADORES DE INCLUSÃO/EXCLUSÃO SOCIAL EM PARAÍSO DO TOCANTINS-TO

Autores

  • Renato Silva Reis Universidade Federal de Tocantins, Aluno egresso do Programa de Pós-Graduação em Geografia, Porto Nacional, TO, Brasil
  • Eguimar Felício Chaveiro Universidade Federal de Goiás, Instituto de Estudos Socioambientais, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Goiânia, GO, Brasil
  • Adão Francisco de Oliveira Universidade Federal de Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Porto Nacional, TO, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG0058509

Palavras-chave:

Pequena cidade, Produção social do espaço urbano, Indicadores sociais.

Resumo

Ainda que corrobore com a caracterização e reconhecimento das fragilidades dos municípios para a alocação de recursos e políticas públicas, grande parte dos indicadores sociais não possibilitam compreender como as desigualdades sociais se cristalizam no espaço intra-urbano, este marcado por contradições e heterotopias. Deste modo, de forma analítica e abstrata, este artigo tem como objetivo estabelecer análise especializada nas ocupações urbanas em Paraíso do Tocantins - pequena cidade localizada a 63 km da capital do estado, Palmas, que, na última década, demonstra intensa produção de loteamentos urbanos e complexificação das dinâmicas ocupacionais - através dos indicadores de distribuição da renda do último censo do IBGE (2010), distribuídos pelos setores censitários da cidade; do preço da terra; e da qualidade das edificações, estes possibilitados pelo Cadastro Territorial e Atualização da Planta Genérica de Valores (PGV) da cidade em 2018, que identificou, além do preço dos terrenos urbanos na cidade, as características qualitativas das ocupações, possibilitando condições imprescindíveis e singulares no desvendamento das desigualdades urbanas da cidade. Conclui-se que as menores rendas, preços da terra e piores condições de moradias estão diretamente relacionadas e que os fenômenos de especulação da terra reiteram as condições segregadoras, assim como nas médias e grandes cidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17-12-2020

Como Citar

Reis, R. S., Chaveiro, E. F. ., & Oliveira, A. F. de . (2020). DESIGUALDADES SOCIOESPACIAIS NA PEQUENA CIDADE: ANÁLISE DE INDICADORES DE INCLUSÃO/EXCLUSÃO SOCIAL EM PARAÍSO DO TOCANTINS-TO. Caminhos De Geografia, 195–209. https://doi.org/10.14393/RCG0058509