AGRICULTORES FAMILIARES, AGROINDÚSTRIAS DE DENDÊ E A INTEGRAÇÃO PRODUTIVA NA AMAZÔNIA PARAENSE

Autores

  • Dérick Lima Gomes Universidade do Estado do Pará
  • Heribert Schmitz Universidade Federal do Pará
  • Dalva Maria da Mota Embrapa Amazônia Oriental

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG228356546

Palavras-chave:

Agricultura por contrato, Dendeicultura, Subordinação, Garrafão do Norte

Resumo

Desde 2004, o Estado subsidia a produção conjunta de dendê entre empresas e agricultores familiares no Pará, iniciativa cujo propósito oficial é a produção de biodiesel e a inclusão social desses agricultores. Hoje, contudo, a destinação da produção das empresas ao mercado de biodiesel é ínfima, o que contraria a finalidade inicial do projeto; quanto aos agricultores, as pesquisas divergem sobre os benefícios por eles adquiridos nesse sistema produtivo. O objetivo do artigo é analisar a relação de integração entre as duas partes, empresas e agricultores, segundo seus interesses e as mudanças nas condições de produção desses últimos. A pesquisa foi realizada por meio de um estudo de caso. Contou-se com entrevistas abertas, baseadas em um roteiro, e questionários semiestruturados. Os dados também foram analisados segundo o Teste “T” de Student pareado e estatísticas descritivas, com o auxílio da revisão de literatura e de dados secundários. Os resultados demonstram que as opções de ambos pela integração estão diretamente conectadas, o que não significa uma relação harmoniosa nem uma subordinação passiva dos agricultores. Estes sopesam pontos negativos e positivos na relação contratual, que permitem compreender por que optaram pela integração e suas percepções sobre as mudanças vivenciadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dérick Lima Gomes, Universidade do Estado do Pará

Professor Substituto da Universidade do Estado do Pará. Mestre em Agriculturas Familiares e Desenvolvimento Sustentável pelo Programa de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas da Universidade Federal do Pará/Embrapa. Graduado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade do Estado do Pará

Heribert Schmitz, Universidade Federal do Pará

Professor Titular de Sociologia da Universidade Federal do Pará e bolsista produtividade do CNPq. Doutor em Sociologia Rural pela Humboldt Universität zu Berlin. Pós-Doutorado em Sociologia (Teoria dos Movimentos Sociais) pela Freie Universität Berlin

Dalva Maria da Mota, Embrapa Amazônia Oriental

Pesquisadora da Embrapa Amazônia Oriental, docente do Programa de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas da Universidade Federal do Pará/Embrapa e bolsista produtividade do CNPq. Doutora em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco/Sam Houston State University. Pós-Doutorado em Antropologia Social pela Universidade de Londres

Downloads

Publicado

04-10-2021

Como Citar

LIMA GOMES, D.; SCHMITZ, H.; MARIA DA MOTA, D. AGRICULTORES FAMILIARES, AGROINDÚSTRIAS DE DENDÊ E A INTEGRAÇÃO PRODUTIVA NA AMAZÔNIA PARAENSE. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 22, n. 83, p. 301–320, 2021. DOI: 10.14393/RCG228356546. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/56546. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos