THE KUZNETS CURVE FOR MOTORCYCLES IN BRAZIL

Autores

  • Fábio Gama a:1:{s:5:"pt_BR";s:4:"UFJF";}
  • Suzana Quinet de Andrade Bastos UFJF
  • Tiana de Paula Assis UFJF
  • Luíza Carvalho UFJF

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG228255899

Palavras-chave:

Motocicletas, Curva de Kuznets, Nível de renda, Brasil

Resumo

Este artigo avalia a evolução da adoção de motocicletas no Brasil. Mais especificamente, busca-se compreender empiricamente a relação entre o número de veículos sobre duas rodas e nível de desenvolvimento do país. O trabalho utiliza dados para 5565 municípios brasileiros no intervalo de 2010 a 2016, e implementa um modelo de painel com efeitos fixos. Os resultados apontam para uma relação inversa entre renda e número de motocicletas, corroborando a hipótese de uma curva de Kuznets para motocicletas e nível de renda no Brasil. Além da validação do aumento do número de motocicletas observado no país nos últimos anos, são encontradas evidências de que o aumento do número de motocicletas nos municípios pode estar relacionado com a queda dos empregos formais, além de que municípios maiores apresentam a relação motocicletas per capita mais reduzida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

02-08-2021

Como Citar

Gama, F., Bastos, S. Q. de A., Assis, T. . de P., & Carvalho, L. . (2021). THE KUZNETS CURVE FOR MOTORCYCLES IN BRAZIL . Caminhos De Geografia, 22(82), 191–200. https://doi.org/10.14393/RCG228255899

Edição

Seção

Artigos