PESQUISAS SOBRE PERCEPÇÃO AMBIENTAL EM COMUNIDADES TRADICIONAIS COM ABORDAGENS SOBRE OS MOTIVOS DA VALORAÇÃO AMBIENTAL: UMA INCURSÃO NAS DISSERTAÇÕES E TESES DE 2009 - 2017

Autores

  • Joscélia Monteiro Santos de Brito Instituto Federal da Bahia (IFBA) e Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Porto Seguro, BA, Brasil Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias Ambientais (PPGCTA)
  • Emilly da Silva Farias Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Ilhéus, BA, Brasil Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA)
  • Raquel Viana Quinelato Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Ilhéus, BA, Brasil Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA)
  • Allison Gonçalves Silva Instituto Federal da Bahia (IFBA) e Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Porto Seguro, BA, Brasil Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias Ambientais (PPGCTA)

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG228355697

Palavras-chave:

Comunidades tradicionais, Gestão ambiental participativa, Percepção ambiental, Valoração simbólica e econômica.

Resumo

Pesquisas sobre percepção ambiental têm potencial para compreender o modo e os motivos como os indivíduos valoram os recursos naturais e o meio em que vivem. Assim, considerando o elo existente entre os povos de comunidades tradicionais e o ambiente que os rodeia, esse artigo se propõe a resumir algumas discussões presentes em teses e dissertações entre os anos de 2009 – 2017 disponíveis na plataforma do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), com abordagem subjacente ou não sobre os motivos da valoração ambiental. Para tanto, foi utilizada a Revisão Integrativa (RI) seguindo as seguintes etapas: I) Definição da questão; II) Investigação na literatura; III) Definição das informações a serem extraídas dos estudos; IV) Avaliação dos estudos incluídos na revisão; V) Interpretação dos dados; e, VI) Síntese dos conteúdos. Os resultados e discussão foram apresentados em três categorias: I) Valoração simbólica, que está relacionada às questões culturais, religiosas, emocionais, ecológicas, morais e estéticas; II) Valoração econômica, que se relaciona ao valor de mercado e comercialização e; III) Territorialidade e gestão ambiental participativa. Os resultados sugerem que estudos sobre percepção ambiental abordam valoração ambiental de forma direta ou indireta e pode ser importante instrumento para gestão ambiental participativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

04-10-2021

Como Citar

Brito, J. M. S. de ., Farias, E. da S., Quinelato, R. V., & Silva, A. G. . (2021). PESQUISAS SOBRE PERCEPÇÃO AMBIENTAL EM COMUNIDADES TRADICIONAIS COM ABORDAGENS SOBRE OS MOTIVOS DA VALORAÇÃO AMBIENTAL: UMA INCURSÃO NAS DISSERTAÇÕES E TESES DE 2009 - 2017. Caminhos De Geografia, 22(83), 19–30. https://doi.org/10.14393/RCG228355697

Edição

Seção

Artigos