ASSOCIAÇÃO ENTRE A INCIDÊNCIA DO LEVANTAMENTO DE ÍNDICE RÁPIDO DE AEDES AEGYPTI (LIRAA) E AS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS EM UBERLÂNDIA, MINAS GERAIS, BRASIL, ENTRE 2014 A 2016

Autores

  • Elisângela de Azevedo Silva Rodrigues Doutora em Geografia, Laboratório de Geografia Médica e Vigilância em Saúde do Núcleo de Educação em Saúde Ambiental (NESA) Universidade Federal de Uberlândia – UFU
  • Samuel do Carmo Lima Doutor em Geografia, Professor do Instituto de Geografia Universidade Federal de Uberlândia – UFU

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG207245265

Palavras-chave:

Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti (LIRAa), Aedes aegypti, Dengue

Resumo

O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de correlacionar os dados do Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa) com as condições climáticas, no período de 2014 a 2016, no município de Uberlândia, Minas Gerais. A pesquisa foi realizada por meio do levantamento de dados do LIRAa, através do banco de dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e do Laboratório de Clima e Recursos Hídricos (LCRH) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Foram ainda realizados testes estatísticos, utilizou-se o programa Bioestat 5.0. A regressão Linear Múltipla foi utilizada para analisar a variação dos dados meteorológicos: temperatura, precipitação pluviométrica, umidade relativa do ar em relação aos LIRAa’s de 2014 a 2016.Os resultados foram considerados insignificantes, tendo por parâmetro a probabilidade (p) do erro foi inferior a 5% (p < 0,05).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisângela de Azevedo Silva Rodrigues, Doutora em Geografia, Laboratório de Geografia Médica e Vigilância em Saúde do Núcleo de Educação em Saúde Ambiental (NESA) Universidade Federal de Uberlândia – UFU

Possui graduação (2003), Mestrado (2011) e Doutorado (2017) em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Tem experiência na área de Geografia Médica e Vigilância em Saúde, com ênfase em Dengue, Leishmanioses, Chagas. Participa do Laboratório de Geografia Médica e Vigilância em Saúde do Núcleo de Educação em Saúde Ambiental (NESA) da UFU. Foi coordenadora e professora na área de Educação na Formação Continuada de Geografia no Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz -Cemepe/ Secretaria Municipal de Educação de Uberlândia (MG) (2015-2017).

Samuel do Carmo Lima, Doutor em Geografia, Professor do Instituto de Geografia Universidade Federal de Uberlândia – UFU

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (1980), graduação em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (1980), mestrado em Geociências (Geoquímica) pela Universidade Federal Fluminense (1985), doutorado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (1996), pós-doutorado pela Universidade Estadual de São Paulo - UNESP PP (2009). Foi coordenador do Curso de graduação em Geografia da UFU, de 1988 a 1990 e de 1996 a 1998; Diretor do Instituto de Geografia da UFU, de 2000 a 2005; Coordenador do Programa de Pós-graduação em Geografia da UFU, de 2006 a 2010; Coordenador do Programa de Pós-graduação Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador da UFU, de 2011 a 2014, Diretor de Vigilância em Saúde da Prefeitura Municipal de Uberlândia, de 2015 a 2016.

Downloads

Publicado

16-12-2019

Como Citar

Rodrigues, E. de A. S., & Lima, S. do C. (2019). ASSOCIAÇÃO ENTRE A INCIDÊNCIA DO LEVANTAMENTO DE ÍNDICE RÁPIDO DE AEDES AEGYPTI (LIRAA) E AS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS EM UBERLÂNDIA, MINAS GERAIS, BRASIL, ENTRE 2014 A 2016. Caminhos De Geografia, 20(72), 251–263. https://doi.org/10.14393/RCG207245265

Edição

Seção

Artigos