MECANISMOS DE PRECIFICAÇÃO DE RECURSO HÍDRICO: UMA PERSPECTIVA GEOSSISTÊMICA

Autores

  • Kaique Brito Silva Universidade Estadual de Campinas http://orcid.org/0000-0002-2478-8950
  • Raul Reis Amorim Departamento de Geografia (DGEO) Instituto de Geociências (IG) Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) http://orcid.org/0000-0001-7358-6696
  • Neylor Alves Calasans Rego Universidade Estadual de Santa Cruz

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG206940521

Palavras-chave:

Bacia Hidrográfica., Qualidade da água., Gestão de recursos hídricos.

Resumo

O uso racional dos recursos hídricos em determinado recorte geográfico é fundamental para manutenção das atividades socioeconômicas, da garantia energética e alimentar para as formas de vida da biosfera. A qualidade da água, que é resultado da interação da mesma com as características geossistêmicas de uma bacia hidrográfica, pode ser estimada e consequentemente caracterizada para definir o seu valor monetário para os diversos tipos de atividades econômicas. A questão central do trabalho é construída para evidenciar que, no Brasil, é possível pensar numa abordagem integrada que permite valorar a água em função de sua qualidade, envolvendo coeficientes quantificados originados dos sistemas naturais e antrópicos da bacia hidrográfica. Essa é uma afirmativa que exige um olhar geográfico, pois tal ciência possibilita conectar análises multidisciplinares referentes a água. As nuances metodológicas subsidiam a definição de valores ajustados em função de tais características, sendo uma metodologia passível de implementação por parte do Sistema Nacional de Recursos Hídricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kaique Brito Silva, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Santa Cruz. Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente e Doutorado em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas.

Raul Reis Amorim, Departamento de Geografia (DGEO) Instituto de Geociências (IG) Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Professor Doutor MS-3.1 do Depto de Geografia, do Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Foi professor de 03/2010 a 07/2015 da Universidade Federal Fluminense (UFF)/Campos dos Goytacazes no Depto de Geografia. Professor dos cursos de graduação (Licenciatura e Bacharelado em Geografia) e do Programa de Pós-Graduação Scrictu Sensu em Geografia. Possui Graduação em Geografia (UESC-BA), Mestrado em Geografia (UNICAMP-SP), Doutorado em Geografia (UNICAMP-SP). Atua predominantemente na área de Planejamento Ambiental com ênfase em Bacias Hidrográficas, Análise Sistêmica aplicada à Geografia e Ensino de Geografia Física.

Neylor Alves Calasans Rego, Universidade Estadual de Santa Cruz

Possui graduação em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa(1984), mestrado em Irrigation Engineering pela Katholieke Universiteit Leuven(1989), doutorado em Soil And Water Engineering pela The Pennsylvannia State Univerty(1997) e pós-doutorado pela Technische Universiat Graz(2001). Atualmente é Professor Pleno da Universidade Estadual de Santa Cruz.

Downloads

Publicado

04-07-2019

Como Citar

Silva, K. B., Amorim, R. R., & Rego, N. A. C. (2019). MECANISMOS DE PRECIFICAÇÃO DE RECURSO HÍDRICO: UMA PERSPECTIVA GEOSSISTÊMICA. Caminhos De Geografia, 20(69), 36–48. https://doi.org/10.14393/RCG206940521

Edição

Seção

Artigos