ÍNDICE INTRAURBANO DE BEM-ESTAR EM SÃO LUÍS-MA, BRASIL

Autores

  • Paulo Roberto Mendes Pereira Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" UNESP - Presidente Prudente
  • Zulimar Márita Ribeiro Rodrigues Universidade Federal do Maranhão
  • Audivan Ribeiro Garcês Júnior Universidade Federal do Ceará
  • Taíssa Caroline Silva Rodrigues Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" UNESP - Presidente Prudente

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia196714

Palavras-chave:

Indicadores. IBEU. Desigualdades socioambientais. Qualidade do ambiente. Área urbana

Resumo

No Brasil, diversos sistemas de indicadores municipais foram desenvolvidos e consolidados através das escalas interurbana e intraurbana. Parte-se do pressuposto que ambas escalas podem e devem ser aplicadas concomitantemente; para uma análise mais acurada das medidas urbanas. O objetivo deste trabalho foi discutir a escala intermunicipal e adaptar à intramunicipal em São Luís-MA, tendo como suporte o índice de Bem-estar Urbano - IBEU Municipal, já proposto por outros autores. O estudo é descritivo e quantitativo, baseado em dados secundários do censo IBGE 2010, referentes os indicadores dos domicílios e seu entorno. Para análise da escala intraurbana de São Luís, foram avaliadas três dimensões: Condições Ambientais Urbanas (D1), Serviços Coletivos Urbanos (D2) e Infraestrutura Urbana (D3). A dimensão Infraestrutura Urbana (D3) obteve a pior classificação com 0.511; seguida de Serviços Coletivos Urbanos (D2) e Condições Ambientais Urbanas (D1), respectivamente, com 0,728 e 0,637; valores que representam baixa cobertura dos indicadores que compõe as dimensões. Os piores indicadores que compuseram as dimensões foram: rampa para cadeirantes, bueiro/boca-de-lobo no entorno, arborização e rede de esgotos. A análise das dimensões propostas e seus respectivos, indicadores, mostraram como São Luís é espacialmente desigual na distribuição do bem-estar urbano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-10-2018

Como Citar

PEREIRA, P. R. M.; RODRIGUES, Z. M. R.; GARCÊS JÚNIOR, A. R.; RODRIGUES, T. C. S. ÍNDICE INTRAURBANO DE BEM-ESTAR EM SÃO LUÍS-MA, BRASIL. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 19, n. 67, p. 205–218, 2018. DOI: 10.14393/Hygeia196714. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/39190. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos