ESCOAMENTO SUPERFICIAL E FRAGMENTAÇÃO DA VEGETAÇÃO REMANESCENTE NAS BACIAS DOS LAJEADOS SÃO JOSÉ E PASSO DOS ÍNDIOS NO OESTE DO ESTADO DE SANTA CATARINA, BRASIL

Autores

  • Cristina Otsuschi Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS
  • Bernardo Sayão Penna e Souza Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
  • Waterloo Pereira Filho Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG196612

Palavras-chave:

Mata Atlântica, Cenários Ambientais, SWAT, Chapecó, Cordilheira Alta.

Resumo

Os principais objetivos deste trabalho são compreender e comparar os efeitos do processo de fragmentação da Mata Atlântica no escoamento superficial entre as bacias hidrográficas dos lajeados São José e Passo dos índios. Para isso foram elaborados mapas de uso da terra de 2015 que serviram de base para simular três mapas: a) o de áreas de Preservação Permanente conforme as leis ambientais; b) o que substituiu fragmentos de mata nativa menores a 1 hectare por cultivo; e c) o que substituiu fragmentos por edificações. Para estimar o escoamento superficial foram simulados cenários ambientais com o modelo hidrológico Soil and Water Assessment Tool - SWAT. Ademais, foram utilizados dados climáticos diários entre 1985 e 2015; de nível do rio e vazão entre 1988 e 1997; mapas de solo, de declividades e uso da terra. Esses dados foram importantes para o modelo simular o escoamento superficial. Desse modo, constatou-se que em todos os cenários ambientais as sub-bacias com maior taxa de escoamento superficial pertencem à bacia do lajeado Passo dos índios, tendo como principal tipo de uso da terra a ocupação urbana. Enquanto nas áreas de Preservação Permanente o escoamento superficial foi menor, evidenciando a importância da vegetação remanescente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristina Otsuschi, Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS

Curso de Geografia

Bernardo Sayão Penna e Souza, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Curso de Geografia

Waterloo Pereira Filho, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Curso de Geografia

Downloads

Publicado

18-07-2018

Como Citar

Otsuschi, C., Souza, B. S. P. e, & Pereira Filho, W. (2018). ESCOAMENTO SUPERFICIAL E FRAGMENTAÇÃO DA VEGETAÇÃO REMANESCENTE NAS BACIAS DOS LAJEADOS SÃO JOSÉ E PASSO DOS ÍNDIOS NO OESTE DO ESTADO DE SANTA CATARINA, BRASIL. Caminhos De Geografia, 19(66), 169–188. https://doi.org/10.14393/RCG196612

Edição

Seção

Artigos