ANÁLISE DA VULNERABILIDADE F͍SICO-AMBIENTAL CAUSADA PELAS CHUVAS INTENSAS NA REGIÃO METROPOLITANA DE MACEIÓ

Autores

  • Melchior Carlos Nascimento Universidade Federal de Alagoas
  • Magda Adelaide Lombardo Universidade Estadual Paulista
  • Sinval Autran Mendes Guimarães Júnior Universidade Federal de Alagoas
  • Esdras de Lima Andrade Universidade Federal de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia196718

Palavras-chave:

Deslizamento de terra. Enchentes Geoprocessamento. Análise Ambiental.

Resumo

A ocupação irregular dos espaços urbanos têm provocado prejuízos as cidades que integram a Região Metropolitana de Maceió - RMM, comprometendo os serviços públicos como abastecimento de água, esgotamento sanitário, transporte e demais serviços essenciais à garantia da qualidade de vida. Neste sentido, o presente estudo teve como objetivo avaliar a vulnerabilidade físico-ambiental dos municípios que integram a RMM as chuvas intensas, especificamente aos problemas de deslizamento de terra e enchentes. Para tanto, adotou-se os elementos da análise sistêmica, integrando variáveis físico-ambientais e antropogênicos por meio das técnicas de geoprocessamento, sendo atribuído as classes temáticas valores para determinar os diferentes níveis de vulnerabilidade aos deslizamentos de terra e enchentes. A partir das análises, foi observado que a vulnerabilidade dos municípios que integram a RMM dependem da interveniência das chuvas e da conjugação de fatores naturais e antropogênicos. A combinação entre os cartogramas físico-ambiental e antropogênico permitiu identificar que 44,12% da área de estudo possuem entre média, alta e muito alta vulnerabilidade físico-ambiental ao deslizamento de terra e que 74,17% das áreas vulneráveis as enchentes possuem entre muito baixa e baixa vulnerabilidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Melchior Carlos Nascimento, Universidade Federal de Alagoas

Professor Adjunto no Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente.

Magda Adelaide Lombardo, Universidade Estadual Paulista

Professora Titular do Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento.

Sinval Autran Mendes Guimarães Júnior, Universidade Federal de Alagoas

Professor Assistente no Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente.

Esdras de Lima Andrade, Universidade Federal de Alagoas

Geógrafo no Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente.

Downloads

Publicado

22-10-2018

Como Citar

NASCIMENTO, M. C.; LOMBARDO, M. A.; GUIMARÃES JÚNIOR, S. A. M.; ANDRADE, E. de L. ANÁLISE DA VULNERABILIDADE F͍SICO-AMBIENTAL CAUSADA PELAS CHUVAS INTENSAS NA REGIÃO METROPOLITANA DE MACEIÓ. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 19, n. 67, p. 268–288, 2018. DOI: 10.14393/Hygeia196718. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/39049. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos