RELAÇÃO ENTRE A INFILTRAÇÃO DA ÁGUA NOS SOLOS E A ESTABILIDADE DOS AGREGADOS EM SISTEMAS DE MANEJOS DIFERENTES NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO ROMÃO - NOVA FRIBURGO / RJ

Autores

  • Raphael Rodrigues Brizzi Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ
  • Andrea Paula de Souza Faculdade de Educação da Baixada Fluminense - FEBF/UERJ
  • Alexander Josef Sá Tobias da Costa Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia196720

Palavras-chave:

Uso do solo. Erosão. Propriedades físico-hídricas. Unidades de Conservação.

Resumo

O avanço das áreas de pastagem e da agricultura sobre a Mata Atlântica, e seu  manejo inadequado, cada vez mais colabora para a erosão dos solos na Área de Proteção Ambiental Estadual de Macaé de Cima, em Nova Friburgo - RJ. O estudo em questão visa à compreensão dos processos erosivos em diferentes tipos de usos do solo, tais como floresta, pastagem e cultivo. Para tal, foi avaliada a infiltração da água nos solos, o DMP, DMG, IEA - índices de Estabilidade dos Agregados e a influência do carbono orgânico na agregação, na profundidade de 0-10 cm. Os resultados mostraram que a floresta apresentou o maior volume de água infiltrado, seguido do cultivo e da pastagem, respectivamente. Os parâmetros de agregação do solo foram influenciados pelos altos valores de carbono orgânico que resultou em um alto valor deIEA. Na avaliação dos dois experimentos, pode-se dizer que há uma relação direta dos dados de infiltração com a estabilidade dos agregados, observando-se a seguinte ordem de suscetibilidade à erosão: pastagem >cultivo> floresta . Conclui-se, portanto, que o uso florestal é mais adequado para uma maior absorção da água na bacia hidrográfica, reduzindo o tempo de chegada no canal principal e a intensidade dos processos erosivos nas encostas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raphael Rodrigues Brizzi, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - IFRJ

Possui graduação em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2013), mestrado em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro com ênfase em Gestão e Estruturação do Espaço Geográfico (2015).

Andrea Paula de Souza, Faculdade de Educação da Baixada Fluminense - FEBF/UERJ

Possui bacharelado e licenciatura em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e mestrado em Geografia pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é Professor Assistente e Coordenadora do curso de Geografia da Faculdade de Educação da Baixada Fluminense, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Membro do Núcleo Interdisciplinar de Estudos do Espaço da Baixada Fluminense (NIESBF). Atuou nos cursos de Geografia da Faculdade de Formação de Professores ? UERJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal Fluminense e da Pontifícia Universidade Católica, nos cursos de Gestão Ambiental da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro e do Instituto Federal do Rio de Janeiro (Maracanã). Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em geociências: geografia física e meio ambiente, pedologia, geologia, hidrologia, geomorfologia, desenvolvimento de material didático em geografia física.

Alexander Josef Sá Tobias da Costa, Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ

Possui graduação em Geografia - Licenciatura pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1990) e Bacharelado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1989); é Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e Doutor em Ambiente e Sociedade, pelo IFCH (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Atualmente é professor adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, coordenador do Curso de Especialização em Políticas Territoriais no Estado do Rio de Janeiro e subchefe do Departamento de Geografia Física do Instituto de Geografia da UERJ. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Meio Ambiente, Hidrogeografia e Ensino de Geografia, atuando principalmente nos seguintes temas: Água e Meio Urbano; Ambiente e Sociedade; Geografia do Rio de Janeiro; Mapeamentos Temáticos em Meio Ambiente e Sociedade; e Prática de Ensino de Geografia.

Downloads

Publicado

22-10-2018

Como Citar

Brizzi, R. R., de Souza, A. P., & da Costa, A. J. S. T. (2018). RELAÇÃO ENTRE A INFILTRAÇÃO DA ÁGUA NOS SOLOS E A ESTABILIDADE DOS AGREGADOS EM SISTEMAS DE MANEJOS DIFERENTES NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO ROMÃO - NOVA FRIBURGO / RJ. Caminhos De Geografia, 19(67), 304–321. https://doi.org/10.14393/Hygeia196720

Edição

Seção

Artigos