USO DA TERRA E COBERTURA VEGETAL NA BACIA DO RIBEIRÃO DAS ABÓBORAS, EM RIO VERDE (GO), ENTRE OS ANOS DE 1985 E 2015

Autores

  • Wellmo dos Santos Alves Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano - Campus Rio Verde
  • Alécio Perini Martins Universidade Federal de Goiás/Regional Jataí Unidade Riachuelo.
  • Iraci Scopel Universidade Federal de Goiás/Regional Jataí Unidade Riachuelo.

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG196510

Palavras-chave:

Geotecnologias, Gestão ambiental, Legislação Ambiental, Recursos Hídricos.

Resumo

Objetivou-se analisar o uso da terra e a cobertura vegetal na bacia do Ribeirão das Abóboras, principal fonte de água da população urbana de Rio Verde (GO) e de outros usos, nos anos de 1985, 1995, 2005 e 2015 e entender o reflexo das leis ambientais criadas nas últimas 3 décadas na preservação da vegetação natural. No ano de 1985, a bacia hidrográfica apresentava predominância de pastagem (73,74%), seguida de Cerrado/mata (15,02%), agricultura (10,79%) e outros (0,45%); em 1995, apresentava pastagem como área mais extensa (58,14%), seguida de agricultura (26,18%), Cerrado/mata (15,23%) e outros (0,45%); em 2005, passou a apresentar maior área coberta por culturas agrícolas (44,96%), seguida de pastagem (38,96%), Cerrado/mata (12,51%), silvicultura (1,70%), área industrial (0,80%) e outros (1,06%); em 2015, continuou com predominância de área agrícola (62,08%), seguida de Cerrado/mata (19,59%), pastagem (12,12%), silvicultura (3,89%), área industrial (1,16%) e outros (1,17%). Ocorreram aumento de vegetação natural a partir da criação de leis e programas ambientais nas últimas 2 décadas. Foram observadas diversas inconformidades quanto à legislação ambiental vigente. Ações precisam ser implementadas no intuito de solucionar os impactos ambientais negativos nessa bacia hidrográfica importante para o abastecimento público de Rio Verde (GO) e outros usos múltiplos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wellmo dos Santos Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano - Campus Rio Verde

Mestre em Geogr. Física, com ênfase em Análise Ambiental (Recursos Hídricos e Geotecnologias Aplicadas), pela Universidade Federal de Goiás; Engenheiro Agrônomo pelo IF Goiano - Campus Rio Verde; e Técnico em Agropecuária pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Rio Verde; credenciado pelo INCRA para georreferenciar imóveis rurais; trabalha no Instituto Federal Goiano; desenvolve pesquisa na área de Meio Ambiente. Interesse nos seguintes temas: Recursos Hídricos, Geotecnologias Aplicadas e Agricultura Sustentável.

Alécio Perini Martins, Universidade Federal de Goiás/Regional Jataí Unidade Riachuelo.

Doutor (2015), Mestre (2009), Licenciado e Bacharel (2007) em Geografia pelo Instituto de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia. Atualmente, atua como Geógrafo (técnico de nível superior) e como Professor nos cursos de Graduação e Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal de Goiás, Regional Jataí, onde é coordenador do Laboratório de Geoinformação. Tem experiência na área de Geografia, atuando principalmente nos seguintes temas: Geoprocessamento, Sensoriamento Remoto, Planejamento Ambiental, Climatologia e Mudanças Climáticas.

Iraci Scopel, Universidade Federal de Goiás/Regional Jataí Unidade Riachuelo.

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1975), graduação em Licenciatura de Curta Duração Em Ciênicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1971), graduação em Filosofia pela Fundação Universidade de Bagé (1972), mestrado em Ciência do Solo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1977) e doutor em Ciências Florestais pela Universidade Federal do Paraná (1988). Atualmente é professor Associado da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Manejo e Conservação do Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: uso da terra, sensoriamento remoto, erosão do solo, conservação do solo e climatologia.

Downloads

Publicado

18-05-2018

Como Citar

Alves, W. dos S., Martins, A. P., & Scopel, I. (2018). USO DA TERRA E COBERTURA VEGETAL NA BACIA DO RIBEIRÃO DAS ABÓBORAS, EM RIO VERDE (GO), ENTRE OS ANOS DE 1985 E 2015. Caminhos De Geografia, 19(65), 125–145. https://doi.org/10.14393/RCG196510

Edição

Seção

Artigos