AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR E ESPAÇO URBANO: O PÚBLICO E O PRIVADO EM QUESTÃO

Autores

  • Luís Carlos Batista Rodrigues Universidade Federal do Piauí
  • Antonio Cardoso Façanha Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG196513

Palavras-chave:

Instituições de ensino superior. (Re)produção do espaço urbano. Agentes públicos e privados.

Resumo

O presente trabalho constitui uma discussão teórica acerca do impacto dos serviços de educação superior no espaço urbano, numa abordagem que visa discutir a atuação e a interligação entre os agentes públicos e privados nesse setor. O objetivo deste trabalho é compreender o processo de (re)produção do espaço urbano a partir das instituições de ensino superior públicas e privadas, uma vez que elas caracterizam o atual cenário brasileiro de modernização do território a partir da introdução ou aperfeiçoamento de elementos técnicos, científicos e informacionais, e marcado pela terciarização da economia. Nota-se, a partir dessa reflexão, que o espaço urbano tem sido fortemente impactado pelas atividades terciárias, dentre as quais o ensino superior assume uma posição de destaque, seja pelas atividades inerentes às próprias instituições, dependendo do seu caráter, se público ou privado, seja por meio daquelas que elas demandam ou estimulam. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

18-05-2018

Como Citar

RODRIGUES, L. C. B.; FAÇANHA, A. C. AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR E ESPAÇO URBANO: O PÚBLICO E O PRIVADO EM QUESTÃO. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 19, n. 65, p. 180–193, 2018. DOI: 10.14393/RCG196513. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/37271. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos