INTENSIDADE PLUVIOMÉTRICA DIÁRIA E A EROSIVIDADE NA UNIDADE HIDROGRÁFICA PIRAPÓ, PARANAPANEMA III E IV, ESTADO DO PARANÁ

Autores

  • Paulo Miguel de Bodas Terassi Doutorando em Geografia Física pela Universidade de São Paulo.
  • Hélio Silveira Prof. Dr. do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Maringá
  • Carlos Henrique da Graça Doutorando em Geografia pela Universidade Estadual de Maringá.

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG175906

Palavras-chave:

intensidade pluviométrica, potencial erosivo, bacia hidrográfica

Resumo

O presente trabalho objetivou analisar de forma integrada a frequência das classes de pluviosidade, as alturas pluviométricas, o número de dias de chuva e estabelecer o índice de erosividade das chuvas em localidades selecionadas conforme a técnica de Análise Cluster para a unidade hidrográfica Pirapó, Paranapanema III e IV - Paraná. Aplicou-se o índice de erosividade das chuvas de Rufino, Biscaia e Merten (1993). A hierarquização da pluviosidade em número de dias de chuva foi dividida nos seguintes intervalos: ≥ 10,1 mm e ≥ 60,1 mm. Situado no grupo homogêneo de cotas altimétricas mais elevadas (793 metros), o posto pluviométrico de Arapongas apresentou os maiores valores de pluviosidade, número de dias de chuva, erosividade e a maior frequência de pluviosidade diária superior a 10,1 mm e o menor número de dias de chuva superior a 60,1 mm. Localizado no grupo homogêneo de menor hipsometria (329 metros), o posto pluviométrico de Diamante do Norte obteve as menores médias de pluviosidade e erosividade, com os menores registros de pluviosidade diária superior a 10,1 mm. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hélio Silveira, Prof. Dr. do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Maringá

Áreas de atuação 1. Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física / Especialidade: Climatologia Geográfica. 2. Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física / Especialidade: Pedologia.

Downloads

Publicado

09-09-2016

Como Citar

Terassi, P. M. de B., Silveira, H., & Graça, C. H. da. (2016). INTENSIDADE PLUVIOMÉTRICA DIÁRIA E A EROSIVIDADE NA UNIDADE HIDROGRÁFICA PIRAPÓ, PARANAPANEMA III E IV, ESTADO DO PARANÁ. Caminhos De Geografia, 17(59), 84–102. https://doi.org/10.14393/RCG175906

Edição

Seção

Artigos