CLIMA, AMBIENTE E SAÚDE: UM RESGATE HISTÓRICO

Autores

  • Bárbara Beatriz da Silva Nunes Universidade Federal de Uberlândia
  • Paulo Cezar Mendes Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG134217840

Palavras-chave:

clima, ambiente, saúde

Resumo

Este artigo teve por objetivo a realização de uma revisão teórica acerca da Climatologia Médica e sua relação com a saúde humana. A metodologia consistiu em uma revisão bibliográfica e consultas em acervos, visando coletar diversas fontes e informações acerca da interação sociedade natureza, bem como da climatologia médica, buscando correlacionar o ambiente e o clima com a saúde humana. Por meio do resgate histórico demonstrou-se que houve uma grande mudança de como o clima é visto pela sociedade e pelos acadêmicos. Há vários estudos que indicam que as mudanças climáticas nas diversas escalas (global, regional e local) influenciam direta e indiretamente a saúde humana, seja influenciando a proliferação de vetores de doenças e agentes infecciosos ou criando condições favoráveis para o aumento de casos por questões inerentes a uma determinada doença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-06-2012

Como Citar

NUNES, B. B. da S.; MENDES, P. C. CLIMA, AMBIENTE E SAÚDE: UM RESGATE HISTÓRICO. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 13, n. 42, p. 258–269, 2012. DOI: 10.14393/RCG134217840. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/17840. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos