FISIOGRAFIA DA SUB-BACIA DO RIO DAS PEDRAS, EM UBERLÂNDIA E TUPACIGUARA/MG: SUBSÍDIOS PARA GESTÃO DE RECURSOS NATURAIS

Autores

  • Gabriel Albuquerque Ferreira Bacharel em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia
  • Vanderlei de Oliveira Ferreira Prof. Adjunto da Universidade Federal de Uberlândia
  • Jorge Luís Silva Brito Prof. da Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG144516824

Palavras-chave:

Bacia hidrográfica, mapeamento, fisiografia, recursos naturais

Resumo

O estudo da fisiografia de bacias hidrográficas rurais deve fornecer subsídios para o manejo eficiente dos recursos naturais, visando proteger o meio ambiente e o produtor. Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa dedicada à caracterização fisiográfica da sub-bacia do rio das Pedras, nos municípios de Uberlândia e Tupaciguara/MG. Utilizando-se de cartas topográficas da Diretoria de Serviço Geográfico (DSG) do Exército na escala de 1:25.000, pôde-se obter uma série de dados morfométricos e informações temáticas através da vetorização manual, principalmente no Spring 5.1 e ArcGIS 9.2 . A sub-bacia hidrográfica do rio das Pedras possui uma área de 422.02  km². Sua hierarquia fluvial máxima é de 5ª ordem de magnitude, apresentando uma drenagem predominantemente dendrítica, porém com alguns segmentos retangulares. Em sua área há predominância de relevo suavemente ondulado e ondulado, com declividade média de 9,3%. A bacia hidrográfica possui 50,9% de sua área na classe de altitude entre 800 e 850 metros. Seu formato é alongado, como comprova o fator de forma de 0,17, seu coeficiente de compacidade de 1,53 e índice de circularidade de 0,41. O valor da densidade de drenagem é de 0,99 km/ km² e a freqüência de rios é de 0,52 segmentos/ km². Estes e outros aspectos relacionados à dinâmica geoambiental da sub-bacia foram destacados, proporcionando subsídios para futuras iniciativas de manejo sustentável dos recursos naturais disponíveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorge Luís Silva Brito, Prof. da Universidade Federal de Uberlândia

Possui graduação em Agrimensura pela Universidade Federal de Viçosa (1988), mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1993) e doutorado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é professor associado ii da Universidade Federal de Uberlândia. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Sensoriamento Remoto, atuando principalmente nos seguintes temas: geoprocessamento, análise ambiental, sensoriamento remoto, mapeamento e cartografia temática.

Downloads

Publicado

27-03-2013

Como Citar

FERREIRA, G. A.; FERREIRA, V. de O.; BRITO, J. L. S. FISIOGRAFIA DA SUB-BACIA DO RIO DAS PEDRAS, EM UBERLÂNDIA E TUPACIGUARA/MG: SUBSÍDIOS PARA GESTÃO DE RECURSOS NATURAIS. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 14, n. 45, p. 81–99, 2013. DOI: 10.14393/RCG144516824. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16824. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos