GRANDES PROJETOS HIDRELETRICOS E A DINAMICA TERRITORIAL: UM ESTUDO DAS "VILAS OPERADORAS" DE FURNAS

Autores

  • Maria Eliza Alves Guerra Faculdade de Arquitetura, Urbanismo e Design - UFU

Resumo

Resumo O presente artigo propõe relatar parte da pesquisa desenvolvida na tese de doutorado, concluída em 2008, na qual foram investigadas dez vilas e uma cidade, construídas a partir da implantação de usinas hidrelétricas nas bacias do Rio Grande e Paranaíba pela Empresa Furnas Centrais Elétricas S. A. entre os anos de 1957 a 1987. As reflexões sobre a trajetória das vilas foram apresentadas em três momentos: concepção (planos, projetos e construções), a realização (obra construída) e utilização (atual, por meio de suas características socioespaciais) e foi baseada em métodos de abordagem histórica com procedimentos de análise comparativa, análise urbana e visual. Neste recorte o objetivo visa apresentar as conclusões analíticas das "vilas operadoras" e sua inserção no processo de urbanização do espaço regional, que resultou em novas configurações na rede urbana e regional. Palavra chave: vila operadora, dinâmica territorial, rede urbana e regional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

05-07-2011

Como Citar

Alves Guerra, M. E. (2011). GRANDES PROJETOS HIDRELETRICOS E A DINAMICA TERRITORIAL: UM ESTUDO DAS "VILAS OPERADORAS" DE FURNAS. Caminhos De Geografia, 12(37). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16494

Edição

Seção

Artigos