CONDIÇÕES AMBIENTAIS E ANÁLISE SOCIAL DOS MORADORES DO ENTORNO DO LIXÃO NO MUNICÍPIO BENEVIDES, ESTADO DO PARÁ

Autores

  • Jean Neves Gomes Maria carmelia neves gomes

Palavras-chave:

Degradação ambiental, condições de vida, resíduos sólidos

Resumo

Um dos principais fatores de impacto ambiental é a eliminação de resíduos sólidos. No Brasil são gerados em média de 240 mil toneladas diárias de lixo (IBGE, 2000). A cidade de Benevides ligada à região metropolitana de Belém, estado do Pará. A gestão municipal destinou uma área no bairro das Flores para despejar os resíduos sólidos (lixo domiciliar) produzidos. Foi avaliado o lixão de lançamento de resíduos sólidos da cidade de Benevides. Assim como, as interferências ambientais e sociais aos moradores do entorno desse aterro sanitário. O lixão corresponde a uma área aproximada de 10.000 m2. A pesquisa foi efetivada através de aplicação de questionários semi estruturados e observação sistemática a 140 famílias que residem ao entorno lixão. Os dados desse estudo foram coletados nos meses de outubro, novembro e dezembro de 2006. Para análise de dados foram tabuladas e calculadas as freqüências relativas pela fórmula: F=N.100/n. A população alvo do estudo é formada basicamente por adultos jovens, com idade média de 28,6 anos. Os homens são maioria, perfazendo 55%, enquanto as mulheres 45%. O nível de escolaridade dos moradores foi considerado baixo, visto que 37,86% não apresentavam ensino básico completo (1ª a 4ª série), 47,85% não apresentavam ensino fundamental completo, e somente 14,29% estavam cursando o ensino médio. Quando perguntado da renda mensal gerada exclusivamente do lixão, obtivemos os seguintes resultados: uma variação de R$ 100,00 a 400,00, com média de R$ 256,15, por cada catador de lixo. Em relação à população que vive entorno do lixão de Benevides apresentou como características o baixo grau de instrução, despreparo e a falta de qualificação para o exigente mercado de trabalho. Além disso, foi observada a degradação ambiental pela ação do aterro sanitário, perigo de contaminação do lençol freático e risco social pelo descaso das instituições públicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

05-07-2011

Como Citar

Gomes, J. N. (2011). CONDIÇÕES AMBIENTAIS E ANÁLISE SOCIAL DOS MORADORES DO ENTORNO DO LIXÃO NO MUNICÍPIO BENEVIDES, ESTADO DO PARÁ. Caminhos De Geografia, 12(37). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16217

Edição

Seção

Artigos