Estratificação de Ambientes como Ferramenta no Estudo das Unidades de Paisagem: O Cenário do Município de Ilhéus-Bahia - ENVIRONMENTAL STRATIFICATION AS A TOOL IN THE STUDY OF LANDSCAPE UNITS: THE SCENERY OF THE MUNICIPALITY OF ILHÉUS-BAHIA

Autores

  • Raul Reis Amorim
  • Ana Maria Souza dos Santos Moreau
  • Mauricio Santana Moreau
  • Ednice de Oliveira Fontes
  • Liovando Marciano da Costa

Palavras-chave:

geossistemas, relevo, solo

Resumo

A compreensão da paisagem constitui-se em uma ferramenta fundamental nos trabalhos de planejamento e uso da terra. No entanto, como a mesma é produto da interação de diversos fatores, na maioria das vezes, a análise é feita isoladamente. Por ser o solo um produto resultante da interação de fatores climáticos, geológicos, geomorfológicos e biológicos em um determinado tempo, o mesmo é considerado um excelente estratificador de ambientes. Assim, nessa concepção, objetivou-se com o presente trabalho a criação de chaves de estratificação de ambientes para o município de Ilhéus, utilizando o solo como elemento estratificador da paisagem. Para tal, de posse dos mapas temáticos, realizou-se uma inter-relação entre os mapas e definiu-se Unidades de Paisagem utilizando o software ArcGIS 9.1. As saídas de campo permitiram refinamento das informações e criação de duas chaves de estratificação de ambientes: Planície Costeira e Flúvio-marinha, associadas a manguezais e restinga com as classes dos Espodossolos, Neossolos Quartzarênicos e Flúvicos e Gleissolos; Planalto Costeiro coberto pela Floresta Ombrófila densa com predomínio das classes dos Latossolos, Argissolos, Cambissolos e Neossolos Litólicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raul Reis Amorim

Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Santa Cruz (2005), é Mestre em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (2007), e doutorando em Geografia também pela UNICAMP, foi Professor Superped, ministrando aulas para o curso de graduação em Geografia nas áreas de Geotecnologias e Geografia Física.

Ana Maria Souza dos Santos Moreau

Possui graduação em Agronomia pela Escola de Agronomia da Ufba (1991), mestrado em Geoquímica e Meio Ambiente pela Universidade Federal da Bahia (1995) e doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Universidade Federal de Viçosa (2001). Atualmente é professora Titular da Universidade Estadual de Santa Cruz. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Gênese, Morfologia e Classificação dos Solos, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento e uso da terra, relação solo-produtividade agrícola, relação solo-paisagem, solos dos tabuleiros costeiros.

Mauricio Santana Moreau

Graduado em Agronomia pela Universidade Federal da Bahia (1991), realizou seu Mestrado em Agronomia pela Universidade Federal da Bahia (1997) e seu Doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Universidade Federal de Viçosa (2003). Atualmente é Professor Títular da Universidade Estadual de Santa Cruz em Ilhéus - BA. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geoprocessamento, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento do uso da terra, geoprocessamento e manejo e gestão de bacia hidrográfica.

Ednice de Oliveira Fontes

Possui graduação de Licenciatura em Geografia pela Universidade Federal da Bahia (1995), Mestrado em Geografia pela Universidade Federal da Bahia (1999), concluiu em março de 2007 o Doutorado em Geografia pela Universidade Federal de Sergipe. Atualmente é Professora Adjunto e Coordenadora do Colegiado dos Cursos de LIcenciatura e Bacharelado em Geografia da Universidade Estadual de Santa Cruz. Concursada para a Disciplina Métodos e Técnicas de pesquisa. Tem experiência na área de Geografia em pesquisa e ensino, com ênfase em Desenvolvimento Regional, geomorfologia e meio ambiente, atuando principalmente nos seguintes temas: organização do espaço desenvolvimento regional e impactos ambientais

Liovando Marciano da Costa

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1971), mestrado em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa (1973) e doutorado em Soil Science - University of Missouri System (1979). Atualmente é professor titular da Universidade Federal de Viçosa. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Manejo e Conservação do Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: metais pesados, manejo do solo, latossolo, uso do solo e eucalipto. Desde de agosto 2006 está na direção do novo Campus UFV de Rio Paranaíba, onde foram criados os Cursos de Agronomia e Administração. A partir do II semestre de 2008 estão funcionando os Cursos de Ciência de Alimentos e Sistemas de Informação. Essa é uma fase de intensa dedicação ao ensino de gradução. Atuo como o Coordenador Geral da Central de Experimentação Pesquisa e Extensão do Triângulo Mineiro em Capinópolis - MG, desde de agosto de 2005.

Downloads

Publicado

30-11-2010

Como Citar

Amorim, R. R., Moreau, A. M. S. dos S., Moreau, M. S., Fontes, E. de O., & Costa, L. M. da. (2010). Estratificação de Ambientes como Ferramenta no Estudo das Unidades de Paisagem: O Cenário do Município de Ilhéus-Bahia - ENVIRONMENTAL STRATIFICATION AS A TOOL IN THE STUDY OF LANDSCAPE UNITS: THE SCENERY OF THE MUNICIPALITY OF ILHÉUS-BAHIA. Caminhos De Geografia, 11(35). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16056

Edição

Seção

Artigos