UMA INTRODUÇÃO AO MODELO DE ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DA PAISAGEM: A AUTOPOIESE GEOMORFOLÓGICA

Autores

  • Luiz Felipe Montanha Brandini Ribeiro União da Geomorfologia Brasileira

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG103015823

Palavras-chave:

Autopoiese, Geomorfologia, Modelo filosófico da evolução da paisagem

Resumo

A proposta deste trabalho é mostrar que, com o avanço do conhecimento científico é importante compreender e modelar o que observamos na evolução da paisagem, para isto baseamos na teoria autopoiética, onde parte da observação de determinado objeto pela interação de seus elementos, e não pelo todo (como em uma análise descritiva do relevo) possibilitando, assim, a construção de um arcabouço cientifico embasado nas relações entre diversas disciplinas, sejam elas geográficas, geológicas e geofísicas. Mas estas relações possuem caráter complexo atuando com relações entre si e completando entre si em uma abordagem inter e transdisciplinar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Felipe Montanha Brandini Ribeiro, União da Geomorfologia Brasileira

Geologo, Mestre e doutor em geologia e geomorfologia e pós doutorado em geofísica Professor contratado de geomorfologia e geomrfologia aplicada a análise ambiental Atualmente sócio administrador da empresa nucleargeo e Pesquisador 3 da FAPESP

Downloads

Publicado

04-06-2009

Como Citar

RIBEIRO, L. F. M. B. UMA INTRODUÇÃO AO MODELO DE ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DA PAISAGEM: A AUTOPOIESE GEOMORFOLÓGICA. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 10, n. 30, p. 183–187, 2009. DOI: 10.14393/RCG103015823. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15823. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos