LEVANTAMENTO BIOGEOGRÁFICO DE MOLUSCOS NO ESTADO DE SANTA CATARINA, SC, REGIÃO SUL DO BRASIL, VERTENTE ATLÂNTICA DO CONE MERIDIONAL DA AMÉRICA DO SUL

Autores

  • Aisur Ignacio Agudo-Padrón Geógrafo pesquisador, Avulsos Malacológicos - AM, Santa Catarina - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG92815779

Palavras-chave:

Biodiversidade de Moluscos, Levantamento, Distribuição Temporal e Espacial, Estado de Santa Catarina, Vertente Atlântica do Cone Sul

Resumo

Síntese de projeto biogeográfico que completa 12 anos de exaustivo trabalho de pesquisa regional visando o levantamento integral de malacofauna marinha, terrícola e de água doce ocorrente no Estado de Santa Catarina, SC, região Sul do Brasil, apresentando razoável balanço com total de 766 espécies e subespécies confirmadas, envolvendo importantes abordagens nos terrenos da taxonomia e a ecologia, assim como exaustiva análise da produção histórica referencial regional gerada ao largo de 59 anos de produção bibliográfica, além de comparar os resultados previamente obtidos no terreno quanto ao número de espécies terrícolas e de água doce conhecidas para os restantes Estados da região Sul do Brasil (RS e PR) e os vizinhos países do Uruguai e a Argentina, geograficamente integrantes no seu conjunto da Vertente Atlântica do Cone Meridional da América do Sul. Synthesis of biogeographical project that completes 12 years of exhaustive work of regional research seeking the integral rising of marine, terrestrial and freshwater mollusks ocurrence in the Santa Catarina's State, SC, Brazilian Southern region, presenting reasonable swinging with total of 766 species and confirmed subspecieses, involving important comments in the lands of the taxonomy and ecology, as well as exhaustive analysis of the regional bibliographical historical production generated to the 59 year-old plaza, besides to compare the results previously obtained in the land with relationship to the number of terrestrial and freshwater species acquaintances for remaining States of the brazilian Southern region (RS and PR) and the neighboring countries of Uruguay and Argentina, geographically integral in its group of the Atlantic Slope of the Southern Cone of South America.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aisur Ignacio Agudo-Padrón, Geógrafo pesquisador, Avulsos Malacológicos - AM, Santa Catarina - Brasil

Possui graduação em Geografia Bacharelado pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC (2006). Analista pesquisador e Consultor Ambiental multidisciplinar, tem experiência nas áreas de Geociências e História Natural, com ênfase em Hidrogeografia, Biogeografia e Malacologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Levantamento técnico, Georreferenciamento e Mapeamento cartográfico; Diagnóstico e Perícia ambiental; Biodiversidade regional e Malacologia aplicada; Ecologia e Conservação do Meio ambiente; Análise de Bacias hidrográficas e Ecossistemas marinho/costeiros, límnicos/de água doce e terrestres; Monitoria didática e Ecoturismo; Educação ambiental e Divulgação científica. CV disponível na Plattaforma Lattes do CNPq: http://lattes.cnpq.br/3951358740536805

Downloads

Publicado

05-01-2009

Como Citar

AGUDO-PADRÓN, A. I. LEVANTAMENTO BIOGEOGRÁFICO DE MOLUSCOS NO ESTADO DE SANTA CATARINA, SC, REGIÃO SUL DO BRASIL, VERTENTE ATLÂNTICA DO CONE MERIDIONAL DA AMÉRICA DO SUL. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 9, n. 28, p. 126–133, 2009. DOI: 10.14393/RCG92815779. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15779. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos