QUALIDADE AMBIENTAL E PLANEJAMENTO URBANO

Autores

  • Camila Guedes Ariza Bolsista de PIBIC - CNPq/UFU
  • Douglas Gomes dos Santos Prof. Dr. de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG92615709

Palavras-chave:

qualidade ambiental, sistema, planejamento urbano

Resumo

O meio urbano é onde está concentrada a maior parte das pessoas. É nas cidades que as pessoas buscam as conforto e beleza, entretanto, dentro do caos urbano muitas vezes a qualidade ambiental é perdida. Em 2006 foi feito um estudo de qualidade ambiental urbano com base no estudo de ecologia de paisagem, e conseqüente qualidade de vida dos moradores. Para viver na cidade o homem lança mão de novas técnicas para modificar a natureza, portanto a paisagem é intensamente alterada, mesmo as altas tecnologias não são capazes de recuperá-la. O ambiente tem capacidade de regeneração, porém se a degradação for extrema, mais difícil é para o sistema chegar ao equilíbrio. O estudo de qualidade ambiental foi realizado no bairro Santa Mônica, em Uberlândia - MG. Para elaboração das cartas de qualidade ambiental foram levantadas as seguintes questões para serem respondidas pelos moradores: índice de satisfação geral quanto o bairro; arborização das ruas; praças (freqüência e satisfação); poluição; ruído; enchentes; transporte público; terreno baldio com depósito de lixo e violência. Esse tipo de estudo é importante para o planejamento urbano, para que a qualidade ambiental esteja sempre em primeiro plano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

04-06-2008

Como Citar

ARIZA, C. G.; DOS SANTOS, D. G. QUALIDADE AMBIENTAL E PLANEJAMENTO URBANO. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 9, n. 26, p. 224–242, 2008. DOI: 10.14393/RCG92615709. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15709. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos