Contribuição ao estudo da gênese das chuvas na cidade de Araguari (MG), durante as estaçãos chuvosas 2001-2005

Autores

  • Rafael Rodrigues Mestre pelo IESA - UFG
  • Selma Simôes Castro Profa. IESA - UFG

Palavras-chave:

Chuvas

Resumo

Este estudo trata de aspectos da gênese das chuvas no espaço urbano de Araguari-MG, com o objetivo geral de contribuir para o entendimento da dinâmica climática urbana. Mais especificamente propõe-se a identificar a circulação atmosférica regional atuante e os padrões de gênese. Os registros pluviométricos foram obtidos através de uma rede de pluviômetros, modelo Ville de Paris, instalados em diversos bairros da cidade, numa série temporal do período 2001-2005, os quais foram analisados com base nos procedimentos metodológicos da análise rítmica e correlacionados às cartas sinóticas obtidas pelo CPTEC/INPE. Para tal selecionaram-se os períodos da estação chuvosa e neles os episódios representativos de chuvas contínuas e intensas. Concluiu-se que a gênese das chuvas resulta da dinâmica frontal (Frente Polar acompanhada das Linhas de Instabilidade Tropical), geradora também das maiores alturas de chuvas, corroborando o modelo bastante conhecido para a região Sudeste do país e, em particular, para a região do Triângulo Mineiro, como era esperado dado a situação geográfica, a dimensão e a morfologia urbana de pequeno porte da cidade de Araguari, que não condicionam alterações relevantes nesse padrão, como acontece com cidades grandes e metrópoles.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

14-12-2007

Como Citar

Rodrigues, R., & Castro, S. S. (2007). Contribuição ao estudo da gênese das chuvas na cidade de Araguari (MG), durante as estaçãos chuvosas 2001-2005. Caminhos De Geografia, 8(24). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15704

Edição

Seção

Artigos