MANUTENÇÃO DA BIODIVERSIDADE E O HOTSPOTS CERRADO

Autores

  • Daniela Almeida Oliveira
  • José Paulo Pietrafesa
  • Maria Gonçalves da Silva Barbalho

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG92615700

Palavras-chave:

Biodiversidade, Hotspots, Cerrado, Sustentabilidade

Resumo

O presente artigo fez uma revisão bibliográfica da discussão sobre Biodiversidade, e apresenta, ainda, a relação com o conceito de hotspots. Buscou-se esclarecer a importância da manutenção da biodiversidade, tendo em vista os atuais níveis de degradação ambiental desencadeada pela ação humana, através do uso indiscriminado dos recursos naturais enquanto insumo produtivo agrícola. Tal uso ocasionou a ruptura do equilíbrio natural dos ecossistemas, e até mesmo a eliminação de habitats e comunidades, por completo. Perpassou-se, também, pelo conceito de desenvolvimento sustentável, o aparecimento das áreas de proteção ambiental, e o Hotspots brasileiro Cerrado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Almeida Oliveira

Bacharel em Geografia pela Universidade Federal de Goiás. Especialista em Educação Ambiental pela Universidade Federal de Goiás. Mestranda em Ecologia e Produção Sustentável pela Universidade Católica de Goiás.

Downloads

Publicado

04-06-2008

Como Citar

OLIVEIRA, D. A.; PIETRAFESA, J. P.; BARBALHO, M. G. da S. MANUTENÇÃO DA BIODIVERSIDADE E O HOTSPOTS CERRADO. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 9, n. 26, p. 101–114, 2008. DOI: 10.14393/RCG92615700. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15700. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos