O SENTIDO SOCIAL E POLÍTICO DA REFORMA AGRÁRIA: ASSENTAMENTO RIO DAS PEDRAS EM UBERLÂNDIA (MG)

Autores

  • Elisângela Magela Oliveira Mestranda do curso de História - UFU

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG71915482

Palavras-chave:

Terra, trabalho , relações sociais

Resumo

Esse artigo traz uma análise sobre o caráter social e político da reforma agrária no Brasil, tendo o assentamento Rio das Pedras como objeto de estudo. Expõe o modo como a reforma é apregoada pelas leis e as políticas públicas realizadas pelo Estado em resposta aos movimentos sociais em reivindicação pela terra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-10-2006

Como Citar

OLIVEIRA, E. M. O SENTIDO SOCIAL E POLÍTICO DA REFORMA AGRÁRIA: ASSENTAMENTO RIO DAS PEDRAS EM UBERLÂNDIA (MG). Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 7, n. 19, p. 17–32, 2006. DOI: 10.14393/RCG71915482. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15482. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos