O PLANO DIRETOR E O SISTEMA INTEGRADO DE TRANSPORTES DE UBERLÂNDIA (MG)

Autores

  • Maria José Rodrigues Geógrafa pela Universidade Federal de Uberlândia
  • Beatriz Ribeiro Soares Profa. Dra. do Instituto de Geografia, UFU

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG51315359

Palavras-chave:

Planejamento Urbano, Plano Diretor, Sistema Integrado de Transportes - SIT

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo compreender o Plano Diretor de Uberlândia elaborado no começo da década de 1990, abordando com maior ênfase o SIT, por ser uma das poucas propostas do Plano Diretor implementada. Para a realização da pesquisa foi necessário uma vasta leitura acerca das teorias sobre o planejamento urbano nacional e municipal, tivemos acesso aos planos que antecederam ao Plano Diretor elaborado em 1991 e aprovado em 1994. Optamos por estudar mais detalhadamente a seção III, do capítulo III, da segunda parte do Plano Diretor, que trata do transporte coletivo em Uberlândia, por ser um projeto que estava previsto no Plano Diretor em 1994 e que foi implantado em julho de 1997, sob a forma de SIT. Foi possível concluir que o Plano Diretor de Uberlândia ao longo desses nove anos de aprovação permaneceu como um documento estático sem as devidas reformulações que norteariam a reestruturação urbana, que o SIT vem sendo aprovado pela população de Uberlândia, principalmente devido a adoção da tarifa única, mas não conseguiu adentrar muito no propósito inicial que era resolver o problema do grande número de veículos na área central de Uberlândia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

16-10-2004

Como Citar

RODRIGUES, M. J.; SOARES, B. R. O PLANO DIRETOR E O SISTEMA INTEGRADO DE TRANSPORTES DE UBERLÂNDIA (MG). Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 5, n. 13, p. 158–174, 2004. DOI: 10.14393/RCG51315359. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15359. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos