MUDANÇAS CLIMÁTICAS, INCERTEZAS HIDROLÓGICAS E VAZÃO FLUVIAL: O CASO DO ESTUÁRIO DO RIO ANIL

Autores

  • Enner Herenio de Alcântara Laboratório de Hidrobiologia - LABOHIDRO, Departamento de Oceanografia e Limnol

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG51215345

Palavras-chave:

mudança climática, incertezas hidrológicas, descarga fluvial, rio anil

Resumo

O gerenciamento de recursos hídricos tem se submetido a mudanças devido ao crescimento da população, melhoramento sanitário, desenvolvimento econômico, tecnológico, e tem se mudado circunstâncias legislativas e administrativas. Estas mudanças continuarão no futuro, com sua intensidade que é dependente dos processos demográficos e econômicos em várias partes do mundo. Esta introdução da mudança no clima adiciona uma dimensão nova à dinâmica de demanda de água. A proposta do presente trabalho é o de produzir alguns cenários climáticos, e discutir como a descarga fluvial se comporta em face aos cenários produzidos. Como resultado pode-se dizer que possivelmente o fator que mais influenciou na descarga fluvial (Qf), dentre os fatores estudados (temperatura e precipitação), a precipitação se mostrou mais eficiente em alterar a descarga fluvial. No entanto, um estudo mais profundo é recomendado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

12-06-2004

Como Citar

ALCÂNTARA, E. H. de. MUDANÇAS CLIMÁTICAS, INCERTEZAS HIDROLÓGICAS E VAZÃO FLUVIAL: O CASO DO ESTUÁRIO DO RIO ANIL. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 5, n. 12, p. 158–173, 2004. DOI: 10.14393/RCG51215345. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15345. Acesso em: 16 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos