OS CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA: REFLEXÕES E ANÁLISES CENTRADAS EM INSTITUIÇÕES PÚBLICAS

Autores

  • Clézio Santos FAFIL/CUFSA

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG71715272

Palavras-chave:

Ensino superior, formação de professores, políticas de educação superior, Geografia

Resumo

O artigo traça uma análise do desenvolvimento do processo de formação de professores que tem como finalidade dar forma à idéia de uma nova licenciatura. Centra-se no exame dos documentos oficiais produzidos por representantes das Universidades (USP, UNICAMP e CUFSA), responsáveis pela educação superior e no estudo institucional realizado pelas comissões de trabalho. Este artigo discute a formação da educação básica à luz das representações do ensino superior, de docentes e de alunos construídas na trajetória da escolarização brasileira. Apresenta também reflexões sobre as tendências e as vinculações que estão redefinindo a Universidade quanto a sua história, sua autonomia e a relação da sua produção de conhecimentos relativos á formação de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clézio Santos, FAFIL/CUFSA

Prof. do Colegiado de Geografia da FAFIL/CUFSA e
Doutorando no IG/UNICAMP

Downloads

Publicado

25-02-2006

Como Citar

SANTOS, C. OS CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA: REFLEXÕES E ANÁLISES CENTRADAS EM INSTITUIÇÕES PÚBLICAS. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 7, n. 17, p. 62–71, 2006. DOI: 10.14393/RCG71715272. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15272. Acesso em: 10 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos