NAS TRILHAS DA PESQUISA: O MAIS IMPORTANTE É SABER "POR QUE?"

Autores

  • Vicente de Paulo da Silva Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG71715270

Palavras-chave:

Pesquisa, Geografia, Paradigma, Trabalho de Campo

Resumo

Este artigo visa a discutir aspectos relacionados à pesquisa e, principalmente, a pesquisa geográfica. As observações feitas aqui objetivam orientar alunos da graduação quando se encontram no momento de tomarem a decisão quanto ao que devem pesquisar, como e porque. Muitas vezes eles se atentam para estas questões apenas quando se matriculam numa disciplina que trabalha especificamente com a pesquisa e, perplexos, mergulham num emaranhado de interrogações, de dúvidas e indecisões. Esse momento que poderia ser muito mais prazeroso corre o risco de ser decepcionante. Neste sentido, consideram-se as observações e explanações deste artigo ainda superficiais, porém, um começo, uma tentativa de dar importância ao lugar da pesquisa na universidade e na geografia, além de intencionar fazer com que esse instante seja muito mais leve para o aluno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

25-02-2006

Como Citar

SILVA, V. de P. da. NAS TRILHAS DA PESQUISA: O MAIS IMPORTANTE É SABER "POR QUE?". Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 7, n. 17, p. 48–53, 2006. DOI: 10.14393/RCG71715270. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15270. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos