MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA DO EPITÉLIO TRAQUEAL DE PATOS (Anas platyrinchus) VACINADOS COM A CEPA LASOTA DO VÃ?RUS DA DOENÇA DE NEWCASTLE (VDN)

Autores

  • Vanessa Sobue Franzo UNESP -FCAV
  • Laura Satiko Okada Nakaghi UNESP -FCAV
  • Silvana Martinez Baraldi-Artoni UNESP - FCAV
  • Paulo Lourenço da Silva FAMEV - UFU
  • Lizandra Amoroso UNESP -FCAV
  • Antonio Carlos Paulillo UNESP -FCAV

Palavras-chave:

Traquéia, vírus da doença de Newcastle, LaSota, microscopia eletrônica de varredura, patos.

Resumo

O presente trabalho avaliou, por meio da microscopia eletrônica de varredura, as características ultra-estruturais do epitélio traqueal de patos (Anas platyrinchus) imunizados contra doença de Newcastle. Foram utilizadas 18 aves distribuídas em dois grupos: T1 - grupo controle (não vacinado) e o T2 - grupo constituído de aves vacinadas com a estirpe LaSota. Durante o período experimental, as aves não apresentaram sinais clínicos pós-vacinais. Porém, na análise de fragmentos de traquéia, ao microscópio eletrônico de varredura, observou-se que os animais vacinados com a estirpe LaSota desenvolveram uma descamação no epitélio traqueal que poderá resultar em doenças concorrentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-03-05

Como Citar

Sobue Franzo, V., Satiko Okada Nakaghi, L., Martinez Baraldi-Artoni, S., Lourenço da Silva, P., Amoroso, L., & Paulillo, A. C. (2008). MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA DO EPITÉLIO TRAQUEAL DE PATOS (Anas platyrinchus) VACINADOS COM A CEPA LASOTA DO VÃ?RUS DA DOENÇA DE NEWCASTLE (VDN). Veterinária Notícias, 13(1). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18834

Edição

Seção

Artigos