CISTICERCOSE CEREBRAL EM BOVINOS

Autores

  • ALMEIDA, L.P. UFU
  • BRAGA, J.S. FAMEV - UFU
  • BORGES, T.D. FAMEV - UFU
  • REIS, D.O. FAMEV - UFU
  • MOREIRA, M.D. FAMEV - UFU

Palavras-chave:

Cisticercose cerebral, zoonose, bovino

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo investigar a presença de cisticercos em cérebros de bovinos, visando a prevenção e controle do complexo teníase- cisticercose em animais e humanos. A pesquisa foi realizada em um Frigorífico de Uberlândia - MG, utilizando-se 80 cérebros bovinos em exame post-mortem de 60 bovinos com cisticercose e 20 sem cisticercose. Após a retirada do cérebro do crânio, este era analisado, procurando encontrar cistos superficiais na superfície externa. Posteriormente, os cérebros eram fatiados em porções de 2 cm, buscando encontrar cistos. Os dados coletados foram transcritos para fichas padrão. A ficha compreende um apanhado dos dados a respeito da identificação do animal e do proprietário, dados do animal (idade, raça, sexo), dados sobre o animal caso (localizações do parasita) e dados sobre cisticercose cerebral caso fossem encontrados. Dos 80 cérebros que foram analisados, nenhum era portador de cisticercose cerebral. Com base na metodologia utilizada e nas condições operacionais em que foi realizado este estudo permite concluir pela ocorrência rara de cisticercose cerebral mesmo em bovinos com cisticercose em outros órgãos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-02-12

Como Citar

L.P., A., J.S., B., T.D., B., D.O., R., & M.D., M. (2008). CISTICERCOSE CEREBRAL EM BOVINOS. Veterinária Notícias, 12(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18698

Edição

Seção

Artigos