Compensação ambiental de megaempreendimentos no estado do Amazonas: relação entre conservação da biodiversidade e desenvolvimento
PDF

Palavras-chave

Compensação Ambiental
Empreendimentos
Unidades de Conservação.

Como Citar

REIS, J. R. L. dos; FARIA, I. F. de; FRAXE, T. de J. P. Compensação ambiental de megaempreendimentos no estado do Amazonas: relação entre conservação da biodiversidade e desenvolvimento . Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 29, n. 1, 2017. DOI: 10.14393/SN-v29n1-2017-9. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/35135. Acesso em: 17 ago. 2022.

Resumo

No Brasil os impactos sociais e ambientais negativos de megaempreendimentos são ressarcidos por meio de sete compensações ambientais. Entre elas destaca-se a Compensação Ambiental - CA do art. 36 da Lei Federal nº. 9.985/2000-SNUC destinada às unidades de conservação - UC. Esse artigo apresenta uma análise sobre a CA de megaempreendimentos no Estado do Amazonas, a partir da metodologia da Pesquisa Exploratória. Detectou-se que a CA estadual fixada equivale a 4,11% do que é definida a nível federal. A primeira CA no Amazonas se baseia na extinta Resolução CONAMA nº. 10/1987 aplicada a Usina Hidrelétrica - UHE de Balbina. Após 10 anos de instituição do SNUC, foram arrecadados pelo Estado do Amazonas o montante de R$ 23.341.294,65, e uma execução direta pelo empreendedor no valor de R$ 216.466,63. Essas CA são oriundas de empreendimentos do setor de energia, contemplando 19 UC. Cerca de 24,36% da CA foi aplicada na construção de infraestrutura e a aquisição de equipamentos e material de consumo. Existem ainda 15 empreendimentos com CA a ser cobrada. Conclui-se que fatores políticos, jurídicos e técnicos limitam nacionalmente o fortalecimento da legislação do licenciamento ambiental, afetando a CA, que necessita efetivamente de regulamentação e maior controle social e transparência.

https://doi.org/10.14393/SN-v29n1-2017-9
PDF

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são licenciados sob Creative Commons Attribution (BY), que permite o uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que o trabalho original seja devidamente citado.

 
 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...