DESENVOLVIMENTO METODOLÓGICO PARA AMOSTRAGEM EM CANA-DE-AÇÚCAR, CONSIDERANDO A RESPOSTA ESPECTRAL DA BIOMASSA EM IMAGENS ORBITAIS

Conteúdo do artigo principal

Hermógenes Machado
Rubens A. C. Lamparelli

Resumo

A utilização do sensoriamento remoto permite analisar a distribuição espacial das áreas plantadas, possibilitando o mapeamento das diferenças de vigor da cultura (variações de biomassa), auxiliando no melhor direcionamento de amostragens e observações de campo, promovendo assim melhor avaliação do potencial de produção da área cultivada. Este trabalho tem como objetivo estudar a aplicação dos dados espectrais do satélite Landsat 7/ ETM+, obtida no início do período de safra, para o mapeamento da variação espacial da biomassa da cultura de cana-de-açúcar, para determinar sua aplicabilidade no processo de amostragem para estimativa da produção. Foram realizadas duas amostragens relativas a dois anos safra, 2000/2001 e 2001/2002. As amostras, com dois tamanhos diferentes, foram distribuídas de acordo com a variação da biomassa. Os dados amostrais foram, posteriormente, comparados com os valores radiométricos expressos através de índices de vegetação calculados nas formas de Nível de Cinza (NC), Reflectâncias Aparente e de Superfície (Ref. Ap. e de Sup). Os resultados mostraram que, os índices GVI e GNDVI foram os que mais se correlacionaram com a produtividade, sendo o GVI mais sensível à sua variação. As correlações não mudaram considerando os dados como NC, Ref. Ap. e Ref. Sup. Durante todo o desenvolvimento metodológico do trabalho a cultura de cana apresentou muita variabilidade de biomassa.
As amostras de 40 x 40 metros foram as que mais se correlacionaram com os valores radiométricos apesar das amostras apresentarem maior variabilidade. Portanto apesar do trabalho de coleta de material ser menor para amostras de 15 x 15 metros ela não consegue expressar toda a variabilidade da cultura em termos de produtividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
MACHADO, H.; LAMPARELLI, R. A. C. DESENVOLVIMENTO METODOLÓGICO PARA AMOSTRAGEM EM CANA-DE-AÇÚCAR, CONSIDERANDO A RESPOSTA ESPECTRAL DA BIOMASSA EM IMAGENS ORBITAIS. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 59, n. 2, 2009. DOI: 10.14393/rbcv59n2-44897. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44897. Acesso em: 5 dez. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Rubens A. C. Lamparelli, Universidade Estadual de Campinas

Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura