ANÁLISE DA QUALIDADE AMBIENTAL URBANA ATRAVÉS DE AMBIENTE SIG: UMA APLICAÇÃO NO MUNICÍPIO DE JUIZ DE FORA - MG

Conteúdo do artigo principal

Marcelle Gualtieri Honório Pechincha
Ricardo Tavares Zaidan

Resumo

Atualmente em áreas urbanizadas, pode-se enxergar que a perspectiva dada pela baixa qualidade do ambiente é o reflexo de uma conjuntura histórica de insustentabilidade das cidades, em todos os níveis de participação social. A partir deste contexto, justifica-se a necessidade de se estudar os problemas ambientais nestas áreas, através de uma análise da qualidade ambiental. Análises como estas podem identificar o desequilíbrio entre a sociedade e os recursos naturais, através da caracterização das pressões geradas por fluxos econômicos e humanos. Identifica-se que em Juiz de Fora/MG existem algumas áreas em estado de desequilíbrio. A área de estudo da presente pesquisa, a Bacia do Córrego Matirumbide, localizada na zona leste da cidade, caracteriza-se pela presença de expressivo adensamento urbano em áreas de encosta e pouca presença de cobertura vegetal arbórea, além de ser uma área reconhecida por problemas voltados à ocupação inadequada e os recorrentes casos de escorregamentos, principalmente em períodos de maiores níveis de precipitação. Assim, através de visitas a campo, além da utilização de dados secundários, elaborou-se uma série de planos de informação em ambiente SIG que puderam representar os atributos negativos característicos desta bacia: a baixa densidade de cobertura vegetal arbórea, a falta de espaços livres de edificações, a alta densidade populacional, a baixa densidade de renda, e o risco à ocorrência de escorregamentos. Estes planos de informação foram integrados de acordo com a metodologia de análise de Qualidade Ambiental proposta por Nucci (1998) para que se pudesse chegar ao objetivo central. Concluiu-se que, para a área de estudo, a relação negativa entre a densidade populacional e a densidade de renda juntamente à ocupação inadequada em áreas de encosta (identificadas com alta instabilidade), foi a que apresentou uma condição mais desfavorável à qualidade do ambiente.
Palavras-chave: Qualidade Ambiental, Escorregamentos, Geoprocessamento, SINMAP, Córrego Matirumbide.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
PECHINCHA, M. G. H.; ZAIDAN, R. T. ANÁLISE DA QUALIDADE AMBIENTAL URBANA ATRAVÉS DE AMBIENTE SIG: UMA APLICAÇÃO NO MUNICÍPIO DE JUIZ DE FORA - MG. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 2, 2016. DOI: 10.14393/rbcv68n2-44400. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44400. Acesso em: 3 dez. 2022.
Seção
Artigos