USO DE GEOTECNOLOGIAS NA ANÁLISE DA OCORRÊNCIA DE UNIDADES FITOFISIONÔMICAS NA REGIÃO DO MÉDIO ARAGUAIA

Conteúdo do artigo principal

Rener Ribeiro Fernandes
Gustavo Manzon Nunes
Ibraim Fantin-Cruz
Thiago Sanna Freire Silva
Cátia Nunes da Cunha

Resumo

Este trabalho tem como objetivo avaliar a relação entre as unidades fitofisionômicas da planície de inundação do Médio Araguaia com altitude, declividade e inundação com suporte de geotecnologias. As análises foram realizadas em um trecho da planície de inundação do Médio Araguaia, entre o município de São Félix do Araguaia-MT e a Ilha do Bananal-TO. As unidades fitofisionômicas foram mapeadas por meio de classificação orientada-a-objetos de uma imagem TM-Landsat 5 de setembro de 2010. As classes de altitude e declividade foram extraídas a partir de um modelo digital de elevação derivado do SRTM (Shuttle Radar Topography Mission). As áreas inundáveis foram mapeadas a partir da classificação support vector machine de uma imagem TM-Landsat 5 de março de 2007. Foram mapeadas quatro unidades fitofisionômicas: Varjão, Mata de Galeria, Cerrado e Ipucas. Varjão foi a unidade com maior área de ocorrência, seguido pela Mata de Galeria, Cerrado e Ipucas, respectivamente. O Varjão apresentou maior ocorrência em áreas de baixa altitude e declividade e em áreas inundáveis. A Mata de Galeria ocorre em áreas de média altitude e declividade e em áreas inundáveis e não inundáveis. O Cerrado predomina em regiões de baixa altitude com declividade média e em áreas inundáveis e não inundáveis. As Ipucas localizam-se nas áreas de baixa altitude, baixa e média declividade e áreas inundáveis. As análises estatísticas indicaram que a inundação foi o principal fator responsável pela ocorrência das unidades fitofisionômicas na área de estudo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
FERNANDES, R. R.; NUNES, G. M.; FANTIN-CRUZ, I.; SILVA, T. S. F.; DA CUNHA, C. N. USO DE GEOTECNOLOGIAS NA ANÁLISE DA OCORRÊNCIA DE UNIDADES FITOFISIONÔMICAS NA REGIÃO DO MÉDIO ARAGUAIA. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 65, n. 5, 2013. DOI: 10.14393/rbcv65n5-43866. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43866. Acesso em: 12 jul. 2024.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Rener Ribeiro Fernandes, Universidade Federal de Mato Grosso

Universidade Federal de Mato Grosso

Gustavo Manzon Nunes, Universidade Federal de Mato Grosso

Universidade Federal de Mato Grosso

Ibraim Fantin-Cruz, Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT

Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental

Thiago Sanna Freire Silva, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP Instituto de Geociências e Ciências Exatas - Departamento de Geografia

Cátia Nunes da Cunha, Universidade Federal de Mato Grosso

Universidade Federal de Mato Grosso