Avaliação da aprendizagem no ensino médio integrado: análise documental e percepções de estudantes

Conteúdo do artigo principal

José Davison da Silva Júnior
https://orcid.org/0000-0001-9160-0658
Valquíria Farias Bezerra Barbosa
https://orcid.org/0000-0002-8200-2274
Maria Luana Lopes de Oliveira
https://orcid.org/0000-0003-1075-161X

Resumo

O objetivo do texto é compreender a avaliação da aprendizagem a partir das percepções de estudantes do ensino médio integrado. A pesquisa de cunho qualitativo  teve como etapas a análise documental e a realização de entrevistas semiestruturadas examinadas através da análise de conteúdo de Bardin (2011). Baseado tanto nos documentos estudados, quanto nas pecepções de discentes, observa-se a existência de uma avaliação que tenta superar a concepção tradicional, por meio de práticas formativas. Por outro lado, as avaliações tradicionais, com foco na mensuração e consequente classificação do estudante, ainda persistem no contexto educacional estudado. Conclui-se que são necessárias práticas avaliativas que promovam uma melhor interação entre professor e aluno, com foco na aprendizagem e desenvolvimento do discente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Silva Júnior, J. D. da ., Barbosa, V. F. B. ., & Oliveira, M. L. L. de . (2021). Avaliação da aprendizagem no ensino médio integrado: análise documental e percepções de estudantes. Ensino Em Re-Vista, 28(Contínua), e033. https://doi.org/10.14393/ER-v28a2021-33
Seção
ARTIGOS DE DEMANTA CONTÍNUA

Referências

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2011.

BEDIN, E.; DEL PINO, J. C. Avaliação no ensino médio politécnico como processo de construção de saber na relação professor-aluno. Revista Educação Pública, Cuiabá, UFMT, v. 27, n. 66, p. 975-996, set./dez. 2018. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2019. DOI: https://doi.org/10.29286/rep.v27i66.2423.

BRASIL. MEC. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco. Organização Acadêmica Institucional. Recife: IFPE, 2014. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2019.

BRASIL. MEC. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco. Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI 2014-2018. Recife: IFPE, 2015. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2019.

BRASIL. MEC. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco. Projeto Político Pedagógico Institucional- PPPI. Recife: IFPE, 2012a. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2019.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, v. 134, n. 248, 23 dez. 1996. seção 1, p. 27834-27841. Disponível em: . Acesso: 08 abr. 2019.

BRASIL. MEC. CNE. Resolução CNE/CEB nº 6, de 20 de setembro de 2012. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, n. 184, 21 set. 2012b. seção 1, p. 22-24. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2019.

ESTEBAN, M. T. Quem estamos formando da forma que avaliamos? In: GARCIA, Regina Leite; ESTEBAN, Maria Teresa; SERPA, Andréa (Orgs.). Saberes cotidianos em diálogo. 1. ed. Petrópolis: De Petrus, 2015, p. 141-159.

FERNANDES, D. Articulação da aprendizagem, da avaliação e do ensino: questões teóricas, práticas e metodológicas. In: KETELE, Jean Marie de; ALVES, Maria Pereira (Orgs.). Do currículo à avaliação, da Avaliação ao Currículo. Porto: Porto Editora, 2011. p. 131- 142.

FREITAS, L. C. et al. Avaliação educacional: caminhando pela contramão. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

HOFFMANN, J. Avaliação Mito e desafio. Uma perspectiva construtivista. 45. ed. Porto Alegre: Mediação, 2017.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem: componente do ato pedagógico. São Paulo: Cortez, 2011.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem escolar. 11 ed. São Paulo: Cortez, 2001.

LUDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 2004.

MINAYO, M. C. S. Ciência, técnica e arte: o desafio da pesquisa social. In: MINAYO, M. C. S.; DESLANDES, S. F.; NETO, O. C.; GOMES, Romeu (Orgs.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petropólis: Vozes, 2009, p. 9-29.

PELLIZZER, C. S. R. Tempos de diálogo: o olhar dos jovens sobre suas experiências no ensino médio integrado do IFRS. 2016. 190f. Dissertação (Mestrado)- Programa de Pós-Graduação em Educação- Universidade de Caxias do Sul. Caxias do Sul. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2019.

PEREIRA, B. A. F.. A avaliação da aprendizagem no ensino médio técnico integrado de tempo integral no IFG-Formosa. 2017. 696f. Dissertação (Mestrado)- Programa de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básica- Universidade Federal de Goiás, Goiânia. Disponível em: . Acesso em: 21 jan. 2019.

PERRENOUD, P. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens entre duas lógicas. Porto Alegre: Artmed, 1999.

RAMOS, M. Concepção do ensino médio integrado. In: SEMINÁRIO SOBRE ENSINO MÉDIO, 2008, Pará. Debate [...] Pará: Secretaria de Educação do Estado, 2008, p. 1-30. Disponível em: . Acesso em 13 jun. 2018.

RIBEIRO, J. et al. Saturação da análise na investigação qualitativa: quando parar de recolher dados? Revista Pesquisa Qualitativa, São Paulo, v. 6, n. 10, p. iii-vii, abr. 2018. Disponível em: . Acesso em: 5 jan. 2019.

RODRIGUES, I. A. N. Avaliação da aprendizagem na educação profissional técnica de nível médio: diálogos com a formação humana integral. 2018. 160f. Dissertação (Mestrado)- Programa de Pós-Graduação em Educação Tecnológica- Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Belo Horizonte. Disponível em: . Acesso em: 29 jan. 2019.

SÁ, I. R. M. R. O que pensam os alunos sobre a reprovação escolar: vivências de alunos do ensino médio do IFPI/Campus Floriano. 2018. 193f. Dissertação (Mestrado)- Programa de Pós-Graduação em Educação- Universidade Nove de Julho, São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2019.

SILVA, J. F. Avaliação do ensino e da aprendizagem numa perspectiva formativa reguladora. In: SILVA, J. F.; HOFFMANN, J.; ESTEBAN, M. T. (Orgs.). Práticas avaliativas e aprendizagens significativas: em diferentes áreas do currículo. Porto Alegre: Mediação, 2013. p. 7-18.

VASCONCELLOS, C. S. Avaliação: concepção dialética libertadora do processo de avaliação escolar. 18. ed. São Paulo: Libertad, 2008.