Movimentos de formação de professores (de Matemática) em dois municípios mato-grossenses

Conteúdo do artigo principal

Bruna Camila Both Miranda
http://orcid.org/0000-0003-0591-3899
Eliete Grasiela Both
http://orcid.org/0000-0002-6945-3441

Resumo

Este artigo é resultado de duas pesquisas de pós-graduação, desenvolvidas por meio da metodologia da História Oral (HO), e trata dos movimentos oficiais de formação de professores (de Matemática), em recortes temporais compreendidos na segunda metade do século XX, ocorridos em dois municípios mato-grossenses: Cuiabá e Barra do Garças. Similaridades podem ser encontradas entre esses processos, os resultados analisados permitem perceber os signos da carência e da urgência ditando as políticas formativas implantadas em ambos os municípios, além de características comuns sobre a compreensão institucional de formação docente. As discussões possibilitam, ainda, identificar particularidades locais, com relação aos movimentos estudados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Miranda , B. C. B. ., & Both , E. G. . (2021). Movimentos de formação de professores (de Matemática) em dois municípios mato-grossenses. Ensino Em Re-Vista, 28(Contínua), e026. https://doi.org/10.14393/ER-v28a2021-26
Seção
DOSSIÊ - HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

Referências

A CADES funcionando em Cuiabá. O Estado de Mato Grosso, Cuiabá, p. 3, 6 jan. 1960. Disponível em: Arquivo Público do Estado de Mato Grosso.

ALVES, G. L. As Licenciaturas Parceladas de curta duração dentro de uma política de formação de recursos humanos. Coleção Cadernos. Corumbá, MT. n.1. p. 01-63, 1973.

AMORIM, R. P de; FERREIRA, M. S. O Estado e o ensino normal em Mato Grosso nos anos 1960. In: Congresso Luso Brasileiro da História da Educação. Colubhe, 10, 2014, Paraná. Anais... Curitiba – PR, 2014, p.1-15.

ASSIS, R. A.; MOREIRA, E. C., A Influência Salesiana no Sistema Educacional da Cidade de Barra do Garças, MT [1956–1985]. Revista Eletrônica Documento Monumento. v. 24. n. 1. p. 243-255. Cuiabá. 2018.

BARALDI, I. M.; GAERTNER, R. Textos e contextos: um esboço da CADES na história da educação (matemática). Blumenau, SC: Edifurb, 2013.

BOTH, B. C. Sobre a formação de professores de matemática em Cuiabá – MT (1960-1980). 2014. 402f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Unesp, Rio Claro, 2014.

BOTH, E. G., AZEVEDO, B. C., STEFANOSKI, L. L.R., Alguns resultados iniciais sobre a Escola Normal Barra-Garcense. In. I Seminário de Comunicações Orais do IFMT, campus Barra do Garças. 1, 2006, Mato Grosso. Anais... Barra do Garças – MT, 2016.

BOTH, E. G., et al. A Formação do Professor de Matemática: um retrato da região do Médio Araguaia mato-grossense. In. VIII Congresso Iber-Americano de Educação Matemática – CIBEM. 8, 2017, Madri. Anais... Madri, 2017, p.66 – 73. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação e cultura; Departamento de Ensino Supletivo. Projeto Logos II, Brasília, 1975.

CAMPANHA de aperfeiçoamento e difusão do ensino secundário. O Estado de Mato Grosso, Cuiabá, p. 1, 1º jan. 1960. Disponível em: Arquivo Público do Estado de Mato Grosso.

CETEB. Logos II: Registro de uma experiência. Ceteb. Brasília, 1984.

CURSOS da Cades. O Estado de Mato Grosso, Cuiabá, 8 jan. 1960. Disponível em: Arquivo Público do Estado de Mato Grosso.

DORILEO, B. P. Universidade o fazejamento. Cuiabá: UFMT, 1977.

DORILEO, B. P. Pensar para fazer. Cuiabá: UFMT - Imprensa Universitária, 1984.

EXAMES da Cades. O Estado de Mato Grosso, Cuiabá, p.2, 3 fev. 1960. Disponível em: Arquivo Público do Estado de Mato Grosso.

GARNICA, A. V. M. Cartografias contemporâneas: mapear a formação de professores de matemática. In: GARNICA, A. V. M. (Org.). Cartografias Contemporâneas: Mapeando a Formação de Professores de Matemática no Brasil. Curitiba: Appris, p. 39-66, 2014.

GONZALES, K. G. Formar professores que ensinam Matemática: uma história do movimento das Licenciaturas Parceladas no Mato Grosso do Sul. 2017. 534f. Tese (Doutorado em Educação para a Ciência) - Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Unesp, Bauru, 2017.

LUZ, R. Treinamento em Serviço: formação de professoras e professores não titulados no projeto Logos II em Alta Floresta, Mato Grosso (1980-1993). 2018. 123f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto de Educação, Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, Cuiabá, 2018.

MATO GROSSO, Diário Oficial de Mato Grosso. Implantado Projeto Logos II em Barra do Garças. Publicado em 23 de maio de 1980. Cuiabá. 1980b.

MATO GROSSO, Diário Oficial de Mato Grosso. Secretaria de Educação e Cultura. Portaria nº 5825, de 26 de outubro de 1984. Publicada no Diário Oficial de Mato Grosso, em 29 de novembro de 1984. Cuiabá. 1984c.

NÍVEL de instrução em Cuiabá. O Estado de Mato Grosso, Cuiabá, p.1-2, 16 fev. 1960. Disponível em: Arquivo Público do Estado de Mato Grosso.

RIBEIRO, I. F. Primeiro esboço da história do curso de matemática do Instituto de Ciências e Letras de Cuiabá (ICLC). 2011. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso - TCC (Licenciatura em Matemática) – Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, Cuiabá, 2011.

SANTOS, V. M. P dos. As Transformações na estrutura do curso de licenciatura em matemática do campus de Cuiabá da UFMT: da fundação da universidade até os primeiros anos do século XXI. In: Encontro Nacional de Pesquisa em História da Educação Matemática. Enaphem, 2, 2014, São Paulo. Anais... Bauru – SP, 2014, p. 1-10.

SILVA, A. P. da. Instituto de Ciências e Letras de Cuiabá: edital de concurso de habilitação. O Estado de Mato Grosso, Cuiabá, p.3, 31 dez. 1967. Disponível em: Arquivo Público do Estado de Mato Grosso.

SILVA, C. R. M. Uma, nove ou dez narrativas sobre as Licenciaturas em Ciências e Matemática em Mato Grosso do Sul. 2015. 369f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Unesp, Rio Claro, 2015.

SIMIÃO, R. A. V. O Processo de profissionalização docente em Mato Grosso (1930-1960). In: SÁ, N. P.; SIQUEIRA, E. M. (Org.). Coletânea Educação e Memória. Cuiabá: EdUFMT, 2006, v.4.

UNIVAR – FACULDADES UNIDAS DO VALE DO ARAGUAIA, Projeto Pedagógico do curso de graduação em Pedagogia. Barra do Garças, 2018.

UFMT – UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO. Catálogo geral 73. Cuiabá, 1973. n.1.

UFMT – UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO. Resolução do Conselho Diretor nº 82, de 02 de dezembro de 1974. Cuiabá – MT. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 14.

UFMT – UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO. Portaria nº GR 1099/76, de 30 de dezembro de 1976. Cuiabá – MT. Disponibilizada pelo Departamento de Matemática.

UFMT – UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO. Resolução do Conselho Diretor nº 64, de 24 de outubro de 1985. Cuiabá – MT. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 14.

UFMT – UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO. Resolução do Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão nº 01, de 23 de fevereiro de 1987. Cuiabá – MT, 1987a. Disponível em: . Acesso em: 14 abr. 2020.

UFMT – UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO. Resolução do Conselho Diretor nº 09, de 13 de fevereiro de 1987. Cuiabá – MT, 1987b. Disponível em: . Acesso em: 14 abr. 2020.

WIELEWSKI, G. D.; PALARO, L. A.; WIELEWSKI, S. A. Cuiabá na década de 80: vestígios da matemática moderna nas quatro primeiras séries do 1º grau. Diálogo Educacional, Curitiba, v.8, n.25. p. 675-688, set./dez. 2008. DOI: https://doi.org/10.7213/rde.v8i25.3832.