As interações docentes na partilha de saberes ‘tardifianos’

Conteúdo do artigo principal

Cristianni Antunes Leal
https://orcid.org/0000-0001-6178-0221
Rosane Moreira Silva de Meirelles
https://orcid.org/0000-0002-9560-2578

Resumo

O saber docente é modelado enquanto profissional pelo acúmulo de experiências, e nas interações docentes há aprendizagens para os profissionais do ensino, assim, a socialização entre professores é considerada um importante recurso para a permanência docente na profissão. Sob tais afirmações o estudo discute os Saberes Experienciais de três professores da área das Ciências Naturais, e os dados coletados foram analisados à luz de Tardif (2014). Os resultados mostraram que há trocas de experiências entre os agentes educativos que se caracterizam como uma formação in loco embora não creditada como em cursos de pós-graduação. Como proposição tem-se a possibilidade de se realizar mini jornadas científicas nas escolas sem ônus para o docente a fim de realizar discussões coletivas que podem contribuir no e para o desenvolvimento profissional, além de propagar a residência pedagógica entre os professores considerados novatos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Leal, C. A. ., & Meirelles, R. M. S. de . (2019). As interações docentes na partilha de saberes ‘tardifianos’. Ensino Em Re-Vista, 26(Especial), 1148–1170. https://doi.org/10.14393/ER-v26nEa2019-9
Seção
Artigos

Referências

ARRUDA, S.M.; PASSOS, M.M.; ANDRADE, E.C.; PIRATELO, M.V.M. Aprendizagem científica no trabalho. Caderno Brasileiro de Ensino de Física. v. 32, n. 01, abr., 2015, p. 263-277. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/2175-7941.2015v32n1p263. Acesso em: 23 de mar. de 2019.

BARBOSA, P.P.; URSI, S. Motivação para formação continuada em Educação a Distância: um estudo exploratório com professores de Biologia. Enseñanza de las ciências. v. 18, nº 01, p. 148-172, 2019. Disponível em: http://reec.uvigo.es/volumenes/volumen18/REEC_18_1_8_ex1312.pdf. Acesso em: 23 de mar. de 2019.

CARVALHO, A.V. Os saberes docentes nas visões de Paulo Freire e Maurice Tardif: uma contribuição. Góndola, enseñanza y aprendizaje de las ciências. v. 09, n. 02, jun/dic., 2014, p. 34-43. Disponível em: https://revistas.udistrital.edu.co/ojs/index.php/GDLA/article/view/5761/10442. Acesso em: 23 de mar. de 2019.

CHAPANI, D.T. Políticas de formação de professores: o Brasil no contexto da globalização. Góndola, enseñanza y aprendizaje de las ciências. v. 09, n. 01, ene/jun., 2014, p. 47-53. Disponível em: https://revistas.udistrital.edu.co/ojs/index.php/GDLA/article/view/7311/9146. Acesso em: 22 de mar. de 2019.

GAUTHIER, C.; MARTINEAU, S.; DESBIENS, J-F.; MALO, A.; SIMARD, D. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Tradução: Francisco Pereira de Lima. 3ª ed. Ijuí, RS: Unijuí, 2013.

NEUMANN, S.; STRIEDER, D.M. Formação de professores em nível médio: um estudo de caso sobre o ensino de ciências. Góndola, enseñanza y aprendizaje de las ciências. v. 13, n. 01, 2018, p. 120-132. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=6750762. Acesso em: 22 de mar. de 2019.

PENNA, M.G.O. Aspectos da prática docente: formação do professor e processos de socialização. Educação: Teoria e Prática. v. 22, n. 39, jan/abr., 2012, p. 38-55. Disponível em: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/4510/4343. Acesso em: 22 de mar. de 2019.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Tradução: Francisco Pereira. 17ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

TARDIF, M.; LESSARD, C. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. Tradução: João Batista Kreuch. 9ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

TOCAFUNDO, R.D.; NASCIMENTO, S.S.; MORENO, A. Reflexões sobre o distanciamento entre saberes teóricos e práticos na formação acadêmica de professores de educação básica. Enseñanza de las ciências. n. Extra, 2017, p. 3021-3026. Disponível em: https://www.raco.cat/index.php/Ensenanza/article/view/339799/430764. Acesso em: 22 de mar. de 2019.

ZEICHNER, K. Repensando as conexões entre a formação na universidade e as experiências de campo na formação de professores em faculdades e universidades. Revista Educação. Tradução: Marcelo de Andrade Pereira. v. 35, n. 03, set/dez., 2010, p. 479-503. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/2357/1424. Acesso em: 06 de abr. de 2019.