Território, capital, sociedades e desigualdades na América latina

estudos sobre Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT195472713

Resumo

O livro é resultado de uma pesquisa sobre aspectos teóricos do território, e de análises históricos e atuais desses seis países, dos quais se abordou a ocupação territorial pelos povos originários de América Latina e o impacto e as transformações sociais e econômicas ocasionadas pela conquista e a colonização de Espanha e Portugal. Igualmente, se analisam as transformações resultantes da Independência e da criação dos Estados nacionais, bem como a situação social e econômica atual, abordando diferentes aspectos explicados mais adiante. Finalmente, apresentam-se as iniciativas e propostas das principais agências internacionais para a recuperação do impacto da pandemia da covid-19 na região. Os seis países analisados são as principais economias latino-americanas e representam 82,24% do PIB regional, ocupam 79,17% do território da região e neles residem 74,85% da população total.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Negret Fernandez, Faculdades Alves Faria, Goiânia

Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional e Urbano

Downloads

Publicado

12-04-2024

Como Citar

FERNANDEZ, F. N. Território, capital, sociedades e desigualdades na América latina: estudos sobre Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru. Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 19, n. 54, p. 1–5, 2024. DOI: 10.14393/RCT195472713. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/72713. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Resenhas de livros/mídia