A campesinidade e o agrohidronegócio em Mucugê, Chapada Diamantina-Bahia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT164101

Resumo

O artigo aborda as configurações territoriais de Mucugê, Chapada Diamantina - Bahia, no contexto dos territórios rurais onde coexistem o agrohidronegócio e a campesinidade. Buscou-se refletir sobres a multiplicidade das territorialidades, por vezes conflitantes na realidade local. A metodologia está pautada na discussão dos referenciais teóricos concernentes à questão agrária, ao agrohidronegócio, à campesinidade e à agrobiodiversidade. Buscou-se sistematizar dados secundários relativos às condições sociais de vida da população local, além da elaboração de mapeamentos e pesquisas de campo in loco, que envolve observações diálogos e vivências. Na leitura da realidade em questão, constatou-se que o agrohidronegócio transformou os territórios de Mucugê, impondo lógicas capitalistas de trabalho na terra, todavia, ainda persistem formas alternativas de trabalho e vida pautados na sociabilidade camponesa. Os índices socioeconômicos locais repercutem as contradições sociais intrínsecas ao agrohidronegócio, nos quais foi possível comprovar que a enunciada riqueza e o desenvolvimento proclamado pelos defensores do agrohidronegócio raramente têm contribuído para a melhoria das condições de vida da população local. A criação de territorialidades pelos sujeitos da agricultura familiar camponesa constitui-se como uma estratégia de reprodução social e permanência no campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Débora Paula de Andrade Oliveira, Universidade Federal de Sergipe

Universidade Federal de Sergipe, Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Geografia, São Cristóvão, SE.

Sônia de Souza Mendonça Menezes, Universidade Federal de Sergipe

Universidade Federal de Sergipe, Docente no Programa de Pós-Graduação em Geografia, São Cristóvão, SE.

Downloads

Publicado

06-08-2021

Como Citar

OLIVEIRA, D. P. de A.; DE SOUZA MENDONÇA MENEZES, S. A campesinidade e o agrohidronegócio em Mucugê, Chapada Diamantina-Bahia. Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 16, n. 41 Ago., p. 01–19, 2021. DOI: 10.14393/RCT164101. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/59739. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos