Movimento Aprendizes de Sabedoria (MASA)

cartografando processos de r-existência

Autores

  • Adriane Andrade Universidade Federal do Paraná
  • Jorge Ramón Montenegro Gómez Univerdidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT143306

Resumo

O objetivo desse artigo é analisar como a cartografia social tem contribuido na luta dos Povos e Comunidades Tradicionais no Paraná, mais especificamente o Movimento Aprendizes de Sabedoria (MASA) e como essa ferramenta tem auxiliado nas estratégias de territorialização do movimento no Estado, contruindo/acionando uma identidade coletiva do grupo. A análise é baseada na pesquisa-participante realizada junto ao movimento nos últimos quatro anos. Observa-se através dessa análise que o MASA aciona a cartografia social como ferramenta no auxílio de sua r-existência nos territórios em que está inserido. Ela é utilizada para a identificação dos sujeitos e dos conflitos e como principal fonte da articulação política da base, resultando em conquistas como a institucionalização do ofício de benzedeira nos três municípios que o movimento está territorializado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17-12-2019

Como Citar

ANDRADE, A.; GÓMEZ, J. R. M. Movimento Aprendizes de Sabedoria (MASA) : cartografando processos de r-existência . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 14, n. 33 Ago., 2019. DOI: 10.14393/RCT143306. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/49590. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos