DISTRIBUIÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DOS TRANSTORNOS MENTAIS E COMPORTAMENTAIS RELACIONADOS AO USO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS NO ESTADO DE SÃO PAULO, BRASIL

Autores

  • Felipe de Oliveira Barbosa Universidade do Oeste Paulista
  • Mariany Kerriany Gonçalves de Souza Universidade do Oeste Paulista
  • Ana Paula Alves Favareto Universidade do Oeste Paulista https://orcid.org/0000-0001-8634-9198
  • Renata Calciolari Rossi Universidade do Oeste Paulista
  • Edmur Azevedo Pugliesi Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Renan Furlan de Oliveira Universidade Federal de Santa Catarina
  • Ana Paula Marques Ramos Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG259970593

Palavras-chave:

Estatística espacial em saúde, Geoprocessamento, Mapeamento temático

Resumo

Transtornos Mentais e Comportamentais (TMC) são caracterizados por perturbações na cognição, regulação emocional e comportamento do indivíduo. Este estudo realizou o mapeamento multitemporal da taxa de TMC no Estado de São Paulo entre 2008 e 2021. A detecção e análise de agrupamento espacial foi realizada com técnicas de estatística espacial. Existe uma dependência espacial entre os municípios do estado de São Paulo quanto à taxa de TMC no período de 2008 a 2021. Uma oscilação nos casos de TMC nos municípios nos últimos anos foi evidenciada. Os homens são mais acometidos que as mulheres e a faixa etária de 20 a 59 anos de idade a de maior risco. Conclui-se que o padrão de distribuição da taxa de TMC não é aleatório no Estado de São Paulo, sendo as mesorregiões de Campinas, Assis e Marília as mais preocupantes no estado. Este trabalho encontrou padrões e tendências na distribuição da taxa de TMC relacionados ao uso de substâncias psicoativas em diferentes regiões do Estado de São Paulo. Isso pode ajudar a planejar e implementar políticas públicas mais efetivas de prevenção e tratamento para esses transtornos nas áreas de maior ocorrência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe de Oliveira Barbosa, Universidade do Oeste Paulista

Graduando em Medicina, Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE, Presidente Prudente, SP.

Mariany Kerriany Gonçalves de Souza, Universidade do Oeste Paulista

Mestre e Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional - PPGMADRE, Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE, Presidente Prudente, SP.

Ana Paula Alves Favareto, Universidade do Oeste Paulista

Doutora em Biologia Celular e Estrutural pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Docente do Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional - PPGMADRE, Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE, Presidente Prudente, SP.

Renata Calciolari Rossi, Universidade do Oeste Paulista

Doutora em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Docente do Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional - PPGMADRE, Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE, Presidente Prudente, SP.

Edmur Azevedo Pugliesi, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Doutor em Ciências Cartográficas pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), campus de Presidente Prudente/SP. Docente do Departamento de Cartografia, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), campus de Presidente Prudente/SP.

Renan Furlan de Oliveira, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutor em Ciências Cartográficas pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), campus de Presidente Prudente/SP. Docente do Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis/SC.

Ana Paula Marques Ramos, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Doutora em Ciências Cartográficas pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), campus de Presidente Prudente/SP. Docente do Departamento de Cartografia, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), campus de Presidente Prudente/SP.

Downloads

Publicado

04-06-2024

Como Citar

BARBOSA, F. de O.; SOUZA, M. K. G. de; FAVARETO, A. P. A.; ROSSI, R. C.; PUGLIESI, E. A.; OLIVEIRA, R. F. de; RAMOS, A. P. M. DISTRIBUIÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DOS TRANSTORNOS MENTAIS E COMPORTAMENTAIS RELACIONADOS AO USO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS NO ESTADO DE SÃO PAULO, BRASIL. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 25, n. 99, p. 195–210, 2024. DOI: 10.14393/RCG259970593. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/70593. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos