REFLEXÕES ACERCA DA SEGREGAÇÃO SOCIOESPACIAL E DA VIOLÊNCIA EM LONDRINA - PR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG249668659

Palavras-chave:

Espaço urbano, Criminalidade, Estigmatização territorial

Resumo

O texto propõe a discussão acerca dos elementos que conformam o processo de segregação socioespacial na cidade de Londrina, no norte do Estado do Paraná, a partir da realidade vivenciada por sujeitos que habitam o Residencial Vista Bela, conjunto habitacional de grandes dimensões entregue sob financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida, numa investigação realizada por meio de metodologias de pesquisa qualitativa. Na complexa série de problemáticas relatadas por esses sujeitos em entrevistas, destacou-se a questão da violência percebida e vivenciada em seu cotidiano no bairro, bem como as representações construídas pelos londrinenses que associam os moradores da periferia com a criminalidade. A segregação socioespacial é, portanto, observada neste estudo como um elemento central para se pensar o complexo problema da violência em suas dimensões objetivas e subjetivas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danilo Marcondes de Alcantara, Instituto Federal de São Paulo

Doutor em Geografia pela Unesp, campus de Presidente Prudente. 

Downloads

Publicado

05-12-2023

Como Citar

ALCANTARA, D. M. de. REFLEXÕES ACERCA DA SEGREGAÇÃO SOCIOESPACIAL E DA VIOLÊNCIA EM LONDRINA - PR. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 24, n. 96, p. 172–184, 2023. DOI: 10.14393/RCG249668659. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/68659. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos