A REDE DE LUGARES TURÍSTICOS DO LITORAL NORTE DO POLO COSTA DAS DUNAS, RIO GRANDE DO NORTE

Autores

  • José Alexandre Berto de Almada Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG249365208

Palavras-chave:

Rio Grande do Norte, Polo Costa das Dunas, Litoral Norte, Rede de Lugares Turísticos

Resumo

O presente artigo analisa a rede de lugares turísticos na região do Litoral Norte do Polo Costa das Dunas, Rio Grande do Norte, partindo do conceito de rede urbana e de território usado. Nessa região, o território usado assume a forma espacial de uma rede urbana que tece relações desiguais e combinadas com as atividades de turismo da região concentrada no Litoral Central do polo turístico em questão a partir dos roteiros de passeios, realizado tanto de buggys quanto de ônibus de turismo, que conecta os turistas hospedados em Natal aos lugares turísticos do Litoral Norte. A análise foi realizada a partir visitas a campo, entre janeiro e fevereiro de 2019, questionários com turistas e residentes que estavam frequentando os lugares turísticos, resultando em 89 questionários, e como dados complementares, a edição de 2019 do relatório anual FECOMÉRCIO RN. A dependência dos lugares turísticos do Litoral Norte com o centro da rede está diretamente associada a emissão turística derivada, isso ocorre em razão da concentração dos meios de hospedagem e de infraestrutura turística em um único ponto, Natal. A independência dos lugares turísticos será possível a partir da valorização das pousadas e pela melhoria da infraestrutura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Alexandre Berto de Almada, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Licenciado em Geografia pelo IFRN (2013), Mestre em Geografia pela UFRN (2015) e Doutor em Geografia pela UFPE (2021).

Downloads

Publicado

12-06-2023

Como Citar

ALMADA, J. A. B. de. A REDE DE LUGARES TURÍSTICOS DO LITORAL NORTE DO POLO COSTA DAS DUNAS, RIO GRANDE DO NORTE. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 24, n. 93, p. 175–195, 2023. DOI: 10.14393/RCG249365208. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/65208. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos