TRANSFORMAÇÕES PRODUTIVAS E TERRITORIALIZAÇÃO DO AGRONEGÓCIO CANAVIEIRO EM FRUTAL (MG)

Autores

  • Andreza Gomes de Souza Universidade Federal de Uberlandia - Instituto de Geografia https://orcid.org/0000-0003-4565-3366
  • João Cleps Júnior Universidade Federal de Uberlândia - Instituto de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG238764056

Palavras-chave:

Transformações Produtivas, Territorialização, Agronegócio, Cana-de-açúcar

Resumo

A expansão espacial do agronegócio canavieiro nas duas últimas décadas ocorreu na expectativa de estabelecer o Brasil como grande produtor de agrocombustível e para atender as demandas mundiais por combustíveis renováveis. O município de Frutal, localizado na mesorregião do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba tornou-se um dos territórios produtivos devido à combinação de condicionantes favoráveis, que resultaram na instalação das usinas Cerradão e Bunge (Frutal). Assim, objetivamos apresentar as principais transformações desencadeadas a partir da territorialização do agronegócio canavieiro ocorridos neste município. Para tanto, realizamos uma revisão teórica, consultamos revistas especializadas na temática e posteriormente, efetivamos o levantamento e representação de dados. Como resultados, destacamos que a ampliação de serviços na cidade de Frutal, a incorporação de terras para a cana-de-açúcar, antes destinadas a outros cultivos e atividades, gerou transformações produtivas em nível local. Há alguns desafios que precisam ser superados como o desmatamento, o uso de agrotóxicos, os impactos sobre os cultivos alimentares e consequentemente, sobre os pequenos agricultores familiares e sua permanência na terra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Cleps Júnior, Universidade Federal de Uberlândia - Instituto de Geografia

Graduado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Unesp de Presidente Prudente (1984) e Mestrado e Doutorado em Geografia [Área de Concentração em Organização do Espaço pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP/Rio Claro. Atualmente é professor Titular do Instituto de Geografia e Coordenou o Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Uberlândia (2004-2005 e 2015-2017). Coordena o Laboratório de Geografia Agrária - LAGEA e o Núcleo de Estudos Agrários e Territoriais - NEAT [Diretório de Grupo de Pesquisa - CNPq]. É membro pesquisador da Rede de Pesquisa DATALUTA e coordenador da Pesquisa DATALUTA em Minas Gerais desde 2005. É Editor-chefe do periódico Campo-Território: Revista de Geografia Agrária. Pesquisador Mineiro - Nível A (2015-2017] Atua na área de Geografia Humana, com ênfase em Geografia Agrária e Geografia Econômica, com pesquisas nos seguintes temas: Reforma Agrária; Agricultura e Meio Ambiente; Produção Camponesa e Agronegócio.

Downloads

Publicado

01-06-2022

Como Citar

DE SOUZA, A. G.; CLEPS JÚNIOR, J. TRANSFORMAÇÕES PRODUTIVAS E TERRITORIALIZAÇÃO DO AGRONEGÓCIO CANAVIEIRO EM FRUTAL (MG). Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 23, n. 87, p. 295–311, 2022. DOI: 10.14393/RCG238764056. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/64056. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos