ESTRUTURA, DIVERSIDADE E SIMILARIDADE DO COMPONENTE ARBÓREO DE CERRADÕES NO SUDOESTE DE GOIÁS – BRASIL

Autores

  • Daniel Salgado Pifano Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Michellia Pereira Soares Instituto Federal do Norte de Minas Gerais
  • Fabiano Guimarães Silva Instituto Federal Goiano
  • Erilva Machado Costa Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Jullyanna Nair de Carvalho Universidade Federal de Lavras
  • Fabrício Alvim Carvalho Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG238658273

Palavras-chave:

Vegetação, Florística, Fitossociologia

Resumo

O objetivo deste trabalho foi conhecer a estrutura, diversidade e similaridade de três cerradões no sudoeste de Goiás. Para tanto, alocou-se 25 parcelas (400m²) em cada localidade. Apenas árvores de circunferência à altura do peito (CAP) ≥ 15,7 foram mensuradas. Calculou-se os principais parâmetros fitossociológicos, histogramas de classes de altura e diâmetro, além dos índices de diversidade de Shannon e equabilidade de Pielou. Construiu-se um diagrama de venn e realizou-se análise de correspondência retificada para verificação da similaridade. A riqueza total foi de 204 espécies, sendo Fabaceae a mais representativa com 24. A localidade de Montes Claros de GO apresentou um cerradão mais estruturado, com árvores mais maduras e de maior área basal. Já as localidades de Rio Preto e Ouroana apresentaram composição mais relacionada a espécies generalistas e exigentes de luz, com estrutura mais densa e de menor área basal. Os índices de diversidade e equabilidade foram considerados altos nas três comunidades, demosntrando baixa dominância ecológica de algumas espécies sobre as demais. As três localidades foram bastante similares florísticamente com baixa substituição de espécies de uma comunidade para outra. Os resultados sustentam que os remascentes estudados comportam siginificativa parcela da biodiversidade do domínio, sendo sua conservação iminente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01-04-2022

Como Citar

Pifano, D. S., Soares, M. P., Silva, F. G., Costa, E. M., de Carvalho, J. N., & Carvalho, F. A. (2022). ESTRUTURA, DIVERSIDADE E SIMILARIDADE DO COMPONENTE ARBÓREO DE CERRADÕES NO SUDOESTE DE GOIÁS – BRASIL. Caminhos De Geografia, 23(86), 317–340. https://doi.org/10.14393/RCG238658273

Edição

Seção

Artigos